A Polícia Civil do Rio de Janeiro encontrou 117 fuzis M-16 na casa de um amigo do policial militar Ronnie Lessa, preso nesta terça-feira (12) suspeito de executar a vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco e seu motorista, Anderson Gomes, em março do ano passado. As informações são do site G1.

As armas foram encontradas no Méier, na Zona Norte do Rio. Segundo relatos, elas estavam desmontadas em caixas em um guarda-roupas, e só faltavam os canos.

Segundo o G1, Alexandre Mota de Souza, dono da casa,disse aos policiais que Ronnie, seu amigo de infância, o entregou as caixas e pediu para guardá-las e não abrí-las.

Fonte: Agencia Brasil