O príncipe Harry e a duquesa Meghan Markle vão poder escolher o nome do primeiro filho do casal com mais liberdade que o príncipe William e Kate Middleton. Meghan deu à luz um menino na manhã desta segunda-feira (6), mas o nome ainda não foi anunciado e a questão tem acirrado a curiosidade.

Desde que a gravidez foi anunciada, as tradicionais casas de aposta britânicas estão especulando sobre qual seria o nome da criança. A maioria dos apostadores estava acreditando, contudo, que o bebê seria uma menina – oito em dez jogos traziam um nome feminino.

Agora que nasceu um menino – segundo a BBC, o sexo foi surpresa também para os papais -, as apostas foram retomadas. O site Oddschecker, que compara as probabilidades de múltiplas fontes de apostas, o nome mais cotado é Arthur. Esse é o nome do meio do tio do bebê, o príncipe William, e o terceiro nome do primo Louis, caçula de William. Também aparecem bem cotados Albert e James, este último muito comum na família real britânica. Charles e Philip também podem aparecer como homenagem ao avô e ao bisavô da criança. 

Em outubro do ano passado, a maioria das apostas acreditava que o nome fugiria das escolhas tradicionais. Aparecia Henry, nome de batismo de Harry, Spencer, Alexander ou Edward. 

Como Harry é somente o sexto na linha de sucessão real, e o filho será o sétimo, a tradição não obriga que o nome escolhido tenha ligação com a realeza. A primeira bisneta da rainha ganhou um nome diferente, por exemplo: Savannah. William, que está mais próximo do trono, teve que escolher os nomes de uma lista mais tradicional. Será que Harry e Meghan vão ousar?

Fonte: Correio