Antônio Manoel Leal dos Santos, 52 anos, morreu após ser baleado dentro do seu carro, no começo da tarde de terça-feira, na Rua da Saboaria, no bairro de São Caetano. A vítima ainda chegou a ser socorrida no próprio carro, por um sobrinho que é socorrista, para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos e morreu no começo da noite de ontem. 

De acordo com informações do posto policial da unidade de saúde, a vítima foi atingida por tiros no tórax, braço e coxa. 
De acordo com a polícia, Antônio estava parado dentro do seu carro, um modelo Fiesta prata, quando um homem chegou em veículo Corsa de cor preta, estacionou um pouco à frente e foi andando em direção à vítima, efetuando os disparos em seguida.

O autor dos disparos ainda não foi identificado. Antônio morreu por volta das 19h30 de ontem, no HGE. Em nota, a Polícia Militar (PM) informou que uma equipe da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pirajá) foi acionada para atender a ocorrência. “No local, a guarnição foi informada que um homem de 52 anos foi vítima de disparos de arma de fogo, o homem foi socorrido por familiares para o Hospital Geral do Estado, onde foi a óbito”, informa a PM.

O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal Nina Rodrigues, onde passará por necrópsia. A autoria e motivação do crime serão investigados pela Polícia Civil.

*Com orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro
 

Fonte: Correio