Salvador teve a sua terceira morte por influenza H1N1 confirmada nesta quinta-feira (16). De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o paciente, que não teve o sexo divulgado, tinha entre 50 e 59 anos.

Ainda de acordo com a pasta, este é o terceiro caso de morte por H1N1 no estado – todas em Salvador. O primeiro óbito foi de uma criança de 10 anos, no dia 29 de março, e o segundo foi menino de três anos, morto no dia 27 de abril.

Em 2019, foram registrados 14 casos da doença, com três mortes. No ano passado, foram 250 notificações e 31 óbitos. Os números são muito maiores que os apresentados em 2017, com apenas dois doentes e nenhum caso fatal.

As mortes
No dia 29 março uma criança de 10 anos, que não teve a identidade revelada, morreu devido a contaminação pelo vírus influenza A H1N1 na Bahia. Já no dia 27 de abril, um menino de 3 anos, morador da região de Itapagipe, foi a segunda vítima fatal da influenza H1N1 em Salvador neste ano.

A vítima não havia sido vacinada na campanha de imunização deste ano, e morreu após ficar sete dias internada num hospital da rede privada da capital baiana. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a morte reitera a importância da proteção do grupo prioritário através da dose da vacina.

Vacinação
A Campanha de Vacinação contra a Gripe segue até o dia 31 de maio e terá um novo Dia D neste sábado (18). Shoppings e postos de saúde vão oferecer a dose da vacina para o público-alvo da segunda fase da campanha, que abrange idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, trabalhadores de saúde, professores do serviço público e privado, portadores de doenças crônicas, além de policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas. A dose protege contra o H1N1, H3N2 e uma cepa de Influenza B.

A expectativa é que 262 mil pessoas sejam imunizadas na capital baiana. Na cidade, apenas 54,1% do público-alvo já compareceu aos postos, enquanto, na Bahia, o índice de imunizados é de 52,38%. Em âmbito nacional, houve cobertura de 56% – os dados são desta quarta-feira (15). 

Em Salvador, todos os postos de saúde vão oferecer a imunização. Para atingir um número maior de pessoas, locais como escolas, creches, igrejas, estações de transbordo, supermercados e shoppings centers, além das prefeituras-bairro, também irão distribuir doses da vacina.

Clique aqui e veja os 255 pontos de imunização (PDF ou EXCEL)

Confira alguns locais onde se vacinar:
A Estação da Lapa receberá a vacina nessa sexta (17), das 9h às 16h, na estação de transbordo.

O Shopping Center Lapa terá um posto de vacinação no sábado (18), das 9h às 17h, no piso L3, próximo a Loja Riachuelo.

O Salvador Norte Shopping também receberá um posto no piso L1, em frente à Caixa Econômica Federal, no sábado (18) das 9h às 17h.

Já o Bela Vista terá um posto funcionando das 9h às 17h.

Fonte: Correio