Não tem jeito: o Vitória vai mesmo passar a pausa da Copa América na lanterna da Série B. Nesta terça-feira (11), o rubro-negro perdeu para o Oeste, por 3×0, em Barueri, pela 8ª rodada. Foi a sexta derrota da equipe no Brasileiro.

Com apenas quatro pontos somados, o Vitória está há quatro pontos do Operário-PR, 16º colocado e primeiro fora da zona de rebaixamento. O G4 está cada vez mais distante: são 11 pontos de diferença para a Ponte Preta, 4ª colocada.

O próximo jogo é só daqui a um mês. O rubro-negro retorna do recesso da Copa América contra o Cuiabá, no Barradão. A data do duelo ainda será definida, mas pode acontecer nos dias 12 ou 13 de julho.

Nesta terça-feira, o Vitória teve mais uma atuação lamentável. O gol do Oeste saiu com apenas 30 segundos de jogo, com Zé Ivaldo marcando contra. Roberto cruzou, Bruno Lopes cabeceou e o zagueiro mandou contra a própria rede na tentativa de desviar.

Com um minuto, o segundo gol do Oeste só não saiu graças a Ronaldo. Bruno Paraíba recebeu na área, cortou para o meio e chutou rasteiro. O goleiro salvou com o pé. Mesma cena aos 22, quando Alyson chutou da quina esquerda da área e Ronaldo defendeu.

Aos 28, Bruno Paraíba chutou de fora da área, a bola desviou no caminho em Bruno Lopes e passou por Ronaldo. O gol, no entanto, foi anulado por impedimento.

No ataque o Vitória só conseguia assustar com um jogador: Wesley. O garoto de 20 anos, que já havia se destacado na derrota por 3×1 para o Sport, apareceu aos 39 e aos 43 com chutes da entrada da área. Glauco salvou ambas.

Foi isso
O Leão teve tudo para reagir na etapa final, mas o goleiro do Oeste impediu. Logo aos 3 minutos, Wesley cobrou escanteio e Everton Sena subiu no segundo pau para cabecear. Glauco fez uma linda defesa, quase em cima da linha.

Por volta dos 20 minutos, o Vitória teve duas chances de empatar. Aos 21, Nickson cobrou falta colocada e a bola raspou o ângulo direito. E, aos 26, Wesley foi à linha de fundo e cruzou rasteiro. Neto Baiano cabeceou firme e Glauco pegou.

Curioso que, bem nesse momento, o Oeste fez o segundo. Após escanteio, Alyson chegou à linha de fundo pela esquerda e cruzou rasteiro. De primeira, Bruno Gonçalves mandou para o gol.

E ainda deu tempo de virar goleada: já aos 49 minutos, Elvis recebeu na entrada da área e tocou para Roberto, no lado esquerdo da área. Ele chutou cruzado e fez o terceiro.

E assim segue a agonia rubro-negra. A esperança que resta é que o time volte outro, totalmente diferente, após a parada da Copa América.

Oeste 3×0 Vitória

Oeste: Glauco; Cicinho (Alison), Kanu, Maracás e Alyson; Lídio, Thiaguinho e Elvis; Roberto, Bruno Paraíba (Bruno Gonçalves) e Bruno Lopes (Fábio). Técnico: Renan Freitas

Vitória: Ronaldo; Van, Everton Sena, Zé Ivaldo e Capa; Gabriel Bispo, Marciel e Ruy (Felipe Gedoz); Ruan Levine (Nickson), Wesley e Anselmo Ramon (Neto Baiano). Técnico: Osmar Loss

Estádio: Arena Barueri

Gols: Zé Ivaldo (contra), aos 30 segundos do primeiro tempo; Bruno Gonçalves, aos 29, e Roberto, aos 49 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Kanu, Maracás, Alyson, Lídio e Roberto (Oeste); Capa (Vitória)

Arbitragem: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão, auxiliado por Edson Antonio de Souza e Tiago Gomes da Silva (trio de GO)

Fonte: Correio