Único suspeito do assassinato do ator Rafael Miguel, de 22 anos, e dos pais dele, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos, o comerciante Paulo Cupertino Matias teve sua prisão temporária decretada nesta terça-feira (11).

A decisão foi determinada pela juíza Débora Faitarone. A partir de agora, o homem de 48 anos é considerado foragido.

Também nesta terça-feira, a polícia realizou buscas em mais de 15 endereços atrás de Paulo. Durante a investigação, a polícia foi até uma chácara de um familiar do suspeito, onde ele poderia ter se escondido.

Por volta das 18h, os policiais receberam a informação de que o comerciante teria voltado para a casa dele, que é também o local do crime. Ao chegar à residência, eles encontraram o carro utilizado na fuga a cerca de 600 metros do imóvel. Paulo, porém, não foi encontrado.

Fonte: Correio