Uma barragem de água se rompeu na manhã desta quinta-feira (10), em Quati no povoado de Pedro Alexandre, na Bahia, localizado a 437 quilômetros de Salvador. Não há relatos de mortes e feridos.

De acordo com a Defesa Civil da cidade, o excesso de chuva na região do Rio do Peixe pode ter contribuído para o rompimento da barragem, que pertence, segundo o órgão, ao governo do Estado da Bahia. A barragem se rompeu às 11h no Distrito de Quati. 

Segundo Carla Leão, coordenadora da Defesa Civil de Pedro Alexandre, em 24 horas choveu cerca de 100 milímetros na região. “Desde as 7h20 nós já estávamos avisando a população da região. Fomos avisando via internet e ligando para que os moradores deixasse suas residências”, disse Carla.

De acordo com a Defesa Civil local, três casas ficaram inundadas e a cidade segue ilhada pela quantidade de água e lama na região.

A Superintendência de Defesa Civil da Bahia (Sudec) informou que a grande quantidade de lama nas estradas dificulta o acesso e o atendimento à população.

Temendo que o lamaçal alcance a cidade, o prefeito do município vizinho Coronel João Sá, Carlinhos Sobral, usou as redes sociais para alertar a população a procurar ajuda e para solicitar que moradores que residem às margens do rio do Peixe, atingido pela lama, saiam de suas casas. 

“A barragem do Quati realmente estourou, é uma situação atípica. Nós não sabemos as consequências, peço que todas as pessoas que moram nas áreas de risco, peguem animais, tentem salvar seus eletrodomésticos, documentos, não sabemos as consequências”, disse em vídeo gravado para o Instagram. 

Na postagem, o gestor ainda citou escolas municipais disponíveis para acolher a comunidade.

Veja vídeo do rompimento:

Fonte: Agencia Brasil