O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) reconheceu nessa sexta-feira (12) situação de emergência e calamidade pública nas cidades baianas de Coronel João Sá e Pedro Alexandre. Com essa medida, os locais atingidos pela enxurrada após o rompimento da barragem do Quati podem ter acesso a recursos federais para casos de desastre. A portaria está publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) publicada hoje.

A emergência em Pedro Alexandre foi reconhecida por conta da inundação do Rio do Peixe. Já Coronel João teve emergência reconhecida pela Defesa Civil Nacional colapso da barragem – que fica em Pedro Alexandre, mas atingiu majoritariamente a cidade vizinha.

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do MDR, acompanham a situação desde otnem. Técnicos da secretaria foram enviados ao local para prestar auxílio.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, conversou com o governador Rui Costa ainda ontem e ofereceu apoio da União. 

Como a barragem está em rio estadual, a fiscalização é de responsabilidade do estado da Bahia.

Fonte: Correio