‘Só posso adiantar que eu não existo mais, estou acabado’. Foi com essa frase que o ex-noivo da digital influencer Alinne Araújo, Orlando Costa Jr., se pronunciou pela primeira vez após sua morte. Ele postou uma foto sozinho no Instagram, mas logo depois excluiu sua conta.

Costa terminou com Aline no sábado (13), por mensagens de texto, na véspera da data programada para o casamento dos dois. Segundo o jornal “O Dia”, um familiar da garota disse que o jovem justificou o término por estar sofrendo pressão de parentes dele.

No domingo (14), a garota resolveu “se casar sozinha”, mantendo a cerimônia. Na segunda-feira (15), ela morreu ao cair do 9º andar o prédio onde morava no Rio de Janeiro. Amigos relataram nas redes sociais que ela se suicidou. 

Vídeos e fotos de Alinne casando “com ela mesma” viralizaram no fim de semana. Ela dividiu a história nas redes sociais e foi criticada por seguidores, que a acusaram querer chamar a atenção. 

“Vocês sabem a dor de confiar em alguém cegamente e achar que encontrou o companheiro da vida e um dia antes da celebração do amor de vocês a pessoa some: Manda uma mensagem pelo Whats App e termina todos os sonhos de vocês”, escreveu ela antes do casamento. “Fui pega de surpresa, quis morrer, ele sempre soube da minha condição e não se importou em como eu estaria. Eu recebi a notícia, estava dirigindo, tive uma crise no volante, larguei meu carro e me atirei numa via expressa, mas papai do céu é  bom e me salvou mais uma vez. Poderia ficar aqui chorando, mas tem uma festa linda me esperando. Então, hoje caso comigo mesma em nome da minha vida nova. Me desejem sorte. Amo vocês”, completou.

Alinne tinha depressão e fazia tratamento com psicólogo e psiquiatra, segundo relatos em seu perfil do Instagram. 

 

 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Com muito amor realizamos nossa cerimônia. Família e amigos segurando minha mão e só aí fui capaz. Obrigada por tudo Suelen ❤️

Uma publicação compartilhada por Seje Sincera (@sejjesincera) em 15 de Jul, 2019 às 6:07 PDT

Fonte: Agencia Brasil