A ESPN Brasil promoveu uma série de demissões na manhã desta quarta-feira (14). O jornalista João Palomino, vice-presidente de jornalismo e produção, foi um dos cortados de acordo com o Yahoo Esportes.

Palomino estava na ESPN Brasil desde 1995. Pela emissora, participou de diversas coberturas, como Jogos Olímpicos de Atlanta-1996, Sydney-2000, Atenas-2004, Pequim-2008 e Londres-2012, além das Copas do Mundo da França-1998, França-1998, Coreia e Japão-2002, Alemanha-2006 e África do Sul-2010.

Além de Palomino, também foram demitidos a gerente sênior de produção dos canais ESPN no Brasil, Renata Netto, que também estava na emissora desde 1995; o editor-chefe dos canais, Arnaldo Ribeiro; o diretor-executivo Eduardo Tironi, na casa desde 2012, e o comentarista Rafael Oliveira, no canal desde 2013.

Em abril passado, o diretor-geral German Hartenstein havia saído da ESPN Brasil. O executivo estava na empresa desde 1996 e, em 2005 chegara ao cargo.

Em nota, a ESPN explicou que “a ESPN Brasil passa por transformação para atender aos fãs, acionistas e clientes de esportes”. Leia, a seguir, a íntegra:

“ESPN Brasil passa por transformação para atender aos fãs, acionistas e clientes de esportes

A ESPN vive um processo de transformação e adaptação para atender aos fãs, acionistas e clientes de esportes em meio às constantes mudanças no consumo de conteúdo. A reformulação faz parte do planejamento da emissora para o próximo ano que seguirá apostando no conteúdo ao vivo e nos direitos esportivos de futebol, tais como Premier League e La Liga, além das ligas norte-americanas como a NFL, NBA, MLB, NHL entre outras.”

Fonte: Correio