A seleção brasileira masculina de basquete começou bem e terminou a primeira metade do confronto na frente, mas levou a virada da França nos períodos derradeiros e foi derrotada por 86 a 72, nesta sexta-feira (16), em confronto válido pelo Torneio de Lyon, de caráter amistoso em solo francês.

O evento está servindo de preparação para o Mundial, marcado para ocorrer entre o próximo dia 31 e 15 de setembro, na China. 

O Brasil havia estreado na competição na última quinta-feira, quando superou a Argentina por 89 a 82, e anteriormente bateu o Uruguai por duas vezes, em Anápolis (GO) e em Belém (PA), que foram palcos de amistosos entre as duas seleções.

Nesta sexta (16), porém, a equipe comandada pelo técnico croata Aleksandar Petrovic não teve forças para segurar a França, que contou com forte apoio de sua torcida na Arena Astrobolle, que ficou lotada em Lyon, e exibiu uma forte reação nos dois últimos quartos do confronto para derrotar os brasileiros.

Antes disso, o Brasil terminou o período inicial liderando o placar por 23 a 14 e depois fechou o segundo em vantagem de 43 a 38. A partir do terceiro, entretanto, os franceses foram superiores e iniciaram o quarto e derradeiro tempo já com sete pontos à frente (63 a 56), antes de liquidarem o jogo com uma folga ainda maior, de 14 (86 a 72).

Apesar da derrota, o brasileiro Leandrinho fechou o jogo como maior cestinha, com 17 pontos, enquanto o francês Poirier veio logo atrás, com 16. O segundo maior pontuador do time nacional foi Yago, com 11, e Bruno Caboclo e Didi marcaram nove cada um. Pelo lado dos anfitriões, Goberta também se destacou ao contabilizar 14 pontos e nove rebotes, e Fournier também ajudou a equipe da casa com outros 11 pontos.

O Brasil atuou nesta sexta-feira (16) desfalcado de Anderson Varejão, poupado, e também de Rafa Luz, que ficou fora por estar se recuperando de uma torção no tornozelo. Mesmo assim, a equipe apresentou uma boa atuação nos dois primeiros períodos do jogo, antes de passar a cometer muitos erros nos dois quartos finais do duelo e permitir que a França ganhasse com tranquilidade a partida.

Depois desta derrota, a seleção brasileira vai fechar a sua participação no Torneio de Lyon neste sábado, quando enfrentará Montenegro, às 13 horas (de Brasília). Os montenegrinos serão, por sinal, os terceiros adversários da equipe nacional no Mundial da China, no dia 5 de setembro. Antes disso, o time dirigido por Aleksandar Petrovic terá pela frente a Nova Zelândia e a Grécia pela competição.

O importante evento em solo chinês vai distribuir sete vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. O continente americano tem direito a dois lugares na Olimpíada e, por isso, para se garantir logo na competição japonesa, o Brasil precisar terminar entre as duas melhores seleções das Américas.

Fonte: Correio