Três moradores de rua foram atropelados por um carro de luxo, por volta da 1h30 desta segunda-feira (19), na República (região central de SP). O condutor do carro, modelo ainda não identificado pela polícia, fugiu sem prestar socorro.

Segundo a polícia, as três vítimas, do sexo masculino, estavam sem documentos. Porém, uma delas se identificou como José Ludio Aguiar e afirmou ter 63 anos.

Após o atropelamento, duas das vítimas ficaram caídas sobre um ponto de táxi, na rua Conselheiro Nebias, enquanto outra ficou caída sobre uma faixa zebrada da via.

A polícia ainda afirmou que dois dos moradores de rua foram encaminhados ao pronto-socorro da Santa Casa, o outro foi levado ao Hospital das Clínicas. O trio permanecia internado até a publicação desta reportagem. O estado de saúde deles não foi informado.

Algumas câmeras de monitoramento estão instaladas nas proximidades do local dos atropelamentos. O 2º DP (Bom Retiro) verifica se algum equipamento registrou o momento em que o carro atingiu às três vítimas. As imagens podem ajudar a identificar o suspeito.

Outro caso

No último dia 26 de julho, uma diarista de 65 anos morreu após ser atropelada por um Porsche Panamera, no momento em que a vítima atravessava a faixa de pedestres, no cruzamento da rua Augusta com a alameda Franca, nos Jardins (região central da capital paulista).

O empresário do ramo imobiliário Fábio Alonso de Carvalho, 39 anos, fugiu do local do atropelamento. Ele teve a prisão preventiva decretada pela Justiça no último dia 1º.

Carvalho já teve a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) suspensa três vezes. Ele permanece preso no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Pinheiros, na Vila Leopoldina (zona oeste da capital paulista).

Fonte: Agencia Brasil