O Palmeiras de Felipão abriu uma vantagem considerável sobre o Grêmio de Renato Gaúcho nas quartas de final da Copa Libertadores da América ao vencer o jogo de ida por 1×0, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, nesta terça-feira (20). O jogo de volta é na próxima terça, dia 27, no Pacaembu, em São Paulo – porque o Allianz Parque está reservado para um show da dupla Sandy e Junior. 

O gol da vitória palmeirense foi marcado por Gustavo Scarpa, e de bela feitura. O meia soltou uma bomba de fora da área, em cobrança de falta, e colocou no ângulo, sem chance para o goleiro Paulo Victor, aos 30 minutos do primeiro tempo. Com seis gols, Scarpa agora é um dos artilheiros da Libertadores ao lado de Marco Ruben, do Athletico-PR e de Adrián Martínez, do Libertad. Os dois já foram eliminados.

Empurrado pela torcida, o Grêmio pressionou, mas o Palmeiras conseguiu anular Everton na maioria das tentativas com uma marcação sempre vigilante e reforçada com o apoio de Dudu a Marcos Rocha. Ainda assim, o atacante gremista criou as melhores chances do time dele.

O Palmeiras se dedicou a contra-atacar e, do outro lado, Dudu quase ampliou a vantagem ao acertar a trave aos 30 do segundo tempo. No minuto seguinte, Felipe Melo acabou expulso ao receber o segundo cartão amarelo. Ele saiu de campo chorando e consolado por colegas.

O Grêmio sufocou nos minutos finais, mas o Palmeiras suportou a pressão e jogará pelo empate na volta.

Os outros dois brasileiros se enfrentam na quarta-feira (21), às 21h30, quando o Flamengo recebe o Internacional no Maracanã. Mais cedo, às 19h15, LDU e Boca Juniors jogam em Quito. O outro duelo, entre River Plate e Cerro Porteño, começa quinta-feira (22) em Buenos Aires.

Fonte: Correio