Um motorista de ônibus urbano, de 44 anos, foi flagrado dirigindo sob efeito de álcool na noite desta sexta-feira (23), em Guarulhos (Grande SP), durante uma blitz da PRF (Polícia Rodoviária Federal) na rodovia Presidente Dutra. O condutor teve a CNH (carteira de habilitação) apreendida e pode ficar até um ano proibido de dirigir. Cerca de 40 passageiros estavam no veículo no momento do flagrante.

Segundo um passageiro, cuja identidade não foi informada, relatou à polícia, o condutor dirigia de forma “perigosa” o coletivo, linha 716, da empresa Campos dos Ouros. “O motorista quase derrubou um motociclista durante o trajeto”, diz trecho de nota da PRF.

Por volta das 22h30, de acordo com a polícia, o condutor foi submetido a teste do bafômetro, que indicou que ele estava com 33 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. “Considerando a margem legal de erro do equipamento, ele ficou a apenas 0,01 miligramas de ser preso por crime de trânsito”, explica a PRF.

Após a constatação de que o motorista havia ingerido álcool, os passageiros embarcaram em outros ônibus que passavam pelo local. O coletivo que era conduzido pelo acusado foi retirado da rodovia por outro funcionário da empresa de transportes, que também foi submetido ao teste do bafômetro, que deu negativo.

Ainda segundo a PRF, será cobrada uma multa de quase R$ 3 mil. Além do motorista de ônibus, outras quatro pessoas foram flagradas dirigindo sob efeito de álcool na noite de sexta na Dutra, na região de Guarulhos. Ao todo, foram realizados 500 testes de bafômetro no local.

Resposta

A Prefeitura de Guarulhos, gestão Gustavo Henric Costa (PSB), classificou como “inadmissível” a conduta do motorista. O governo acrescentou que a concessionária responsável pela contratação e treinamento dos funcionários será multada “como forma de penalização”. O valor da multa não foi informado. “A Prefeitura de Guarulhos também exigiu o afastamento imediato do motorista”, diz trecho de nota.

A empresa Campos dos Ouros foi procurada pela reportagem, mas não retornou as ligações.

Fonte: Agencia Brasil