Os 24 mil médicos e médicas inscritos no Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb) têm até as 20h desta quarta-feira (28) para escolher os próximos representantes no Conselho Federal de Medicina (CFM). Cada um poderá indicar dois nomes para a gestão 2019/2024, sendo um efetivo e outro suplente.

Em Salvador, 13 pontos vão atender à demanda dos profissionais aptos à votação, que envolve duas chapas. O Cremeb destacou que o voto é obrigatório [sujeito à multa de R$ 84] a todos os médicos, sendo facultativo aos profissionais com mais de 70 anos, e proibido ao médico exclusivamente militar. 

As urnas estão disponíveis nas sedes do Cremeb, da Associação Bahiana de Medicina (ABM) e do Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia (Sindimed), além dos hospitais Português, Aliança, da Bahia, Municipal de Salvador, São Rafael, Santa Izabel, Santo Antônio, Roberto Santos, Geral do Estado e Ernesto Simões. Para votar, é necessário apresentar um documento de identificação original com foto.

Já os médicos que moram fora da capital, de acordo com o Cremeb, receberam o kit de votação para registrar o voto por correspondência, por meio de cédula enviada para os respectivos domicílios. Em caso de preferência, no entanto, esses profissionais também podem optar pela votação presencial em uma das 13 urnas espalhadas na cidade. 

Apuração em tempo real
Para garantir “a transparência do processo”, de acordo com o Conselho Regional, a Comissão Eleitoral do processo publicará, em tempo real, os resultados parciais das contagens dos votos no Portal das Eleições a partir das 20h, quando a votação é encerrada.

Os números serão atualizados, acrescenta o Cremeb, à medida que cada urna for verificada. Ao final do processo, com todas as urnas atualizadas, os profissionais vão poder conferir o resultado final, além da concentração de votos em branco e nulos.

Fonte: Correio