A seleção brasileira feminina de vôlei venceu o Equador, por 3 sets a 0, com parciaisi de 25/8, 25/9 e 25/10, em Cajamarca, no Peru, na primeira rodada do Sul-Americano. As brasileiras lutam pelo 21º título da competição, que será disputada até domingo (1), e voltam à quadra nesta quinta-feira (29), às 17h, contra a Venezuela. Na sexta (30), a rival será a Argentina.

Brasil, Venezuela, Equador e Argentina estão no Grupo A. O Grupo B é formado por Peru, Colômbia, Uruguai e Bolívia. As equipes vão se enfrentar dentro dos seus respectivos grupos e as duas melhores de cada passarão à fase semifinal.

A ponteira Amanda, com dez pontos, foi a maior pontuadora do confronto. As centrais Carol e Mara, com nove e oito pontos, respectivamente, também se destacaram. 

“Foi uma boa estreia e um jogo que a maioria do grupo participou da partida. O Sul-Americano é uma competição importante para fazermos pontos para o ranking mundial. Nesta quarta-feira conseguimos realizar o nosso jogo mesmo sem ter muitas informações sobre o Equador. Agora é manter a concentração e pensar na Venezuela”, afirmou a levantadora Macris.

A líbero Léia destacou o poder de concentração da equipe. “Começamos bem a competição. Gostei da concentração do grupo em toda a partida. Mudamos bastante as jogadoras ao longo do jogo e mantivemos o nível. Temos que seguir trabalhando forte para buscarmos esse título para o Brasil”.

O técnico José Roberto Guimarães utilizou a seguinte formação: Macris, Lorenne, Drussyla, Amanda, Bia, Mara e líbero Leia. Ao longo do jogo, entraram Roberta, Maira, Gabi Cândido, Carol e Suelen. 

Em outro duelo da quarta-feira, a Colômbia venceu o Uruguai por 3 sets a 0 (25/9, 25/8 e 25/20).

Fonte: Correio