O escritor Nivaldo Lariú, autor do best-seller Dicionário de Baianês – que já bateu o recorde de 250 mil exemplares – lança nesse domingo (1º), às 15h, na Livraria LDM do Shopping Paseo Itaigara sua mais recente obra: o livro Pílulas de Riso. 

“A publicação traz cerca de 900 aforismos, frases de efeito, provérbios revistos, chistes, brincadeiras com palavras e apotegmas, sempre com a ideia de provocar o riso, ou o sorriso”, explica o autor. 

A publicação tem cerca de 120 páginas e o mesmo formato de bolso do Dicionário de Baianês. A capa, criada pelo autor e por sua mulher, a artista plástica Janete Kislansky, lembra uma caixa de remédios genéricos, “pois afinal” – diz o autor – “rir ainda é o melhor remédio.”

O primeiro lançamento ocorreu na última edição da Flipelô, em 9 de agosto. “Pretendo fazer relançamentos em outros locais, que ainda serão anunciados”, comenta Lariú, baseado na experiência do sucesso do Dicionário de Baianês. 

A nova obra é uma coletânea com cerca de 900 aforismos, com ditos, chistes, provérbios revistos, frases de efeito, sempre associados ao riso. 

Confira uma pequena amostra de frases do livro: 

Na hora de trocar o certo pelo duvidoso, ele ficou na dúvida. 

Era um oculista sem visão; cobrava os olhos da cara. 

Era um ladrão intelectual: só tirava a palavra da boca dos outros. 

Sem ti, mental eu sou. 

O tijolo é colocado na horizontal, mas sobe na vertical. 

O problema da autoajuda é você não se dar bem com o professor. 

Quando caiu em si, se machucou todo. 

Brasil, o país do futuro a Deus pertence. 

Atire a primeira pedra quem achar que mais vale um pássaro na mão do que dois voando. 

Com essas camisas de hoje, não posso nem falar com meus botões. 

 “O sonho acabou”, disse o padeiro. 

Recôncavo e reconvexo são dois lados de uma mesma Bahia. 

Um dia é da caça, outro da carcaça. 

Tem gente que só o que passa pela cabeça é piolho. 

Desatino é quando você escreve errado o seu destino. 

O bocal da caneta é o esconderijo da escrita. 

A torre foi para o xadrez porque não queria ficar parada. 

O perdão perguntou pro ressentimento: ‘se lembrar não custa nada, quanto custa esquecer’? 

Se oriente, rapaz! Se os pontos são cardeais, então quais são os pontos papais? 

Ser um sujeito oculto não é nenhum predicado. 

Para um escritor, de concreto mesmo só o abstrato. 

Alguns meses têm 30 dias, outros 31. Mas todos têm 28. 

Diz que dom Pedro Segundo, filho de dom Pedro Primeiro e neto de dom João Sexto perguntou pro avô: ‘vovô, posso comer esse doce?’ e dom João Sexto respondeu: ‘fale com Pedro, primeiro’. 

O vulcão nada mais é do que uma erupção cutânea da crosta terrestre. 

“Essa lâmpada é absolutamente genial”, disse Aladim.

Serviço
Lançamento do livro “Pílulas de Riso”, de Nivaldo Lariú 
Data: 01/09/2019, domingo 
Horário: 15h 
Local: Livraria LDM – Shopping Paseo – Itaigara 

Fonte: Correio