O Vitória tornou-se um time que não perde, mas também não ganha na Série B. Nesta sexta-feira (30), empatou o quarto jogo seguido, desta vez com o Botafogo-SP, em 0x0, pela primeira rodada do segundo turno.

O mais dramático é que esse foi o terceiro empate consecutivo sem gols no Barradão. Antes, havia ficado no 0x0 contra o América-MG e o Operário-PR. Como visitante, teve o 1×1 com o Coritiba.

A única coisa boa do jogo é que a equipe não voltou à zona de rebaixamento – ao menos por enquanto. Terminou em 15º, com 21 pontos. Os jogos deste sábado (31) ainda podem colocá-lo no Z4.

O Vitória volta a campo na terça-feira (3), diante de um adversário direto. Encara o Vila Nova, às 19h15, em Goiânia. O time goiano é o 17º, primeiro no Z4, com a mesma pontuação do rubro-negro.

Cadê a bola?
Ao final do primeiro tempo, o Vitória acabou vaiado. Também, pudera: mesmo atuando em casa, a equipe praticamente não assustou o goleiro do adversário.

Só uma vez o Leão arrancou o urro da torcida. Aos 27, Gedoz arriscou da intermediária e a bola passou raspando a trave direita de Darley.

O que se viu foi um Botafogo que dominou a posse de bola. Nas chances que teve, o Leão tentou lo contra-ataque, mas sem capricho, acabava perdendo rapidamente.

O Botafogo usou o tempo todo uma só arma: a bola aérea. Aos 8, com Rafael Costa; aos 22, com Marlon; aos 25, Rafael, de novo; e, aos 35, com Leandro Amaro. O Vitória sobreviveu aos ataques.

Mudou, melhorou
Amadeu foi corajoso no intervalo ao tirar um atacante, Jordy Caicedo, e colocar em campo o volante Rodrigo Andrade. Deu certo: o Leão recuperou a posse de bola.

Para ficar melhor, faltou o ataque ser mais eficiente. A melhor chance do Vitória foi em cobrança de falta de Gedoz, aos 26 minutos, mas que Darley salvou.

A grande atuação pelo lado rubro-negro foi mesmo a do goleiro Ronaldo. Além de defesas no primeiro tempo na bola aérea, o camisa 1 evitou o gol na chance mais clara que o Botafogo teve.

Foi aos 29, quando Júlio César soltou uma bomba da entrada da área e o goleiro caiu certo para defender. Diante disso, ficou de bom tamanho o empate para o Leão.

Vitória 0x0 Botafogo-SP – 20ª rodada da Série B

Vitória: Ronaldo, Matheus Rocha, Ramon, Bruno Bispo e Chiquinho; Baraka (Felipe Garcia), Lucas Cândido e Felipe Gedoz; Wesley (Eron), Jordy Caicedo (Rodrigo Andrade) e Anselmo Ramon. Técnico: Carlos Amadeu.

Botafogo-SP: Darley; Lucas Mendes, Luiz Otávio, Leandro Amaro e Pará; Pablo, Leonan (Diego Gonçalves) e Marlon Freitas; Erick Luís (Nadson), Júlior César e Rafael Costa (Bruno Moraes). Técnico: Hemerson Maria.

Estádio: Barradão
Cartões amarelos: Dedé e Matheus Rocha (Vitória); Luiz Otávio (Botafogo-SP)

Árbitro: Jean Pierre, auxiliado por José Calza e Fabrício Lima (trio do RS)

Fonte: Correio