(Foto: Reprodução)

Na última semana, o áudio de duas amigas tomou conta das redes sociais com um conteúdo bastante explícito. Ivete conta para a amiga Neiva a história de um encontro que deu errado porque o cara tinha só “um sinalzinho” como pênis. 

“Neiva do céu” e “Ivete do sinalzinho” existem de verdade e deram entrevista para a VTV, afiliada do SBT, contando tudo que está por trás do áudio e como está a vida das duas agora que o áudio viralizou. 

“Foi real! O encontro foi verdadeiro, realmente tudo aconteceu e no momento do ato tinha só o ‘sinalzinho’ e eu fiquei na fissura”, contou Ivete. “Fazer o quê, tive que aguentar a noite inteira aquilo sem poder fazer nada. Ficou só na chupança”, diz, sem papas na língua.

Mas Ivete diz que não tem intenção de revelar a identidade do homem. Eles se conheceram em um site de relacionamento e ele foi de outro estado para Mogi Guaçu, em São Paulo, só para encontrá-la, mas depois da primeira noite ela não tinha mais clima. “Não rolou nada, na manhã seguinte ele já pegou o carro e foi embora. Ele queria ficar, mas eu falei: ‘Vou fazer o que com um homem desses na minha casa?’, relata.

A primeira impressão foi boa. “Quando encontrei com ele, fiquei encantada”, lebra, descrevendo-o como moreno e alto. “Me enganei, beleza não é tudo. Inclusive, eu não tenho nada de bonito, não sou bonita, mas sou carismática, eu sou uma pessoa do povo, gosto de todo mundo, sou bem querida aqui na minha cidade”, diz.

Depois de se encontrarem na rua, os dois seguiram para casa de Ivete e tiveram uma conversa em que ele até chorou, contando que não dava sorte com mulheres e todos seus namoros não davam certo. “Aí depois, na hora do ‘vamos ver’, do ‘vuco vuco’, eu entendi porque as namoradas não davam certo, por causa do sinalzinho”, continua.

Veja a entrevista

Áudio
Foi no dia seguinte, depois que o pretendente já tinha se mandado, que Ivete resolveu gravar uma mensagem de áudio para a amiga Neiva. As duas não sabem como a mensagem que cativou as redes sociais vazou – Neiva garante que não repassou o áudio. “Foi hackeado, né, porque foi um conteúdo até meio pesado, explícito”, acredita.

Neiva diz que, igual a reação geral, riu muito com o áudio da amiga. “É uma coisa muito cômica. Vou fazer o que? Tem que dar risada mesmo”.

As duas se conhecem há mais de 30 anos, são vizinhas e colegas de trabalho. “Eu amo a Ivete”, diz Neiva.

Com a fama do áudio, Ivete tentou fingir que não era a responsável pela mensagem e fez uma nova gravação para enviar no grupo da família negando ser a voz dela. Não adiantou. “No começo foi ruim, decepcionante, fiquei chorando dentro de casa, mas no final foi até bom”, diz.

Agora, as duas amigas estão com um assessor que as ajuda a participar como convidadas em shows de stand-up, contando mais detalhes da história. 

Fonte: Correio