Após cinco horas de cirurgia para correção de uma hérnia incisional, o Presidente Jair Bolsonaro se pronunciou nas redes sociais sobre a intervenção realizada neste doingo (8). “Mais uma cirurgia. Desta vez foram 5 horas, mas estamos bem. Obrigado a todos pelo apoio e orações! Obrigado Deus pela minha vida! Logo estarei de volta ao campo”, disse.

 A cirurgia, que ocorreu no Hospital Vila Nova Star, na Capital, começou às 7h35 e terminou às 12h40. Macedo disse que Bolsonaro está “muito bem clinicamente” e apresenta “quadro clínico estável”. A estimativa inicial era que a cirurgia durasse entre duas a três horas.

Questionado na coletiva que concedeu, ao lado do porta-voz da Presidência da República, general Otávio Rêgo Barros, Macedo negou complicações durante o procedimento. “A gente fala que vai durar duas horas. Mas vai durar o que é necessário. Se precisar durar quatro, que demore. O importante é ficar bem feito. Tem de ter muito cuidado para não machucar o intestino de forma alguma”, explicou, destacando que o tempo maior foi por causa de uma aderência do intestino.

Ainda de acordo com o médico, a chance de a hérnia voltar é pequena. “Elas tem índice de reincidir, mas essa probabilidade não é superior a 6%. A chance é muito pequena. O tecido está bem mais musculoso e mais forte, é de imaginar que não vai haver reincidência, mas é sempre possível”, disse.

O médico acrescentou que Bolsonaro ficará no hospital durante cinco a seis dias e poderá viajar entre uma semana e 10 dias. A alimentação inicial será apenas de líquidos. O vice-presidente, general Hamilton Mourão, assumirá o exercício da presidência durante cinco dias. Bolsonaro ficará em recuperação por cinco dias e devera ter autorização para viajar em até dez dias.

Fonte: Correio