Depois de cinco horas, a cirurgia do presidente Jair Bolsonaro (PSL), no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, foi finalizada. O presidente precisou corrigir uma hérnia provocada por lesões deixadas pelas três cirurgias anteriores. 

A operação foi realiza pelo médico Antônio Luiz Macedo, que também atendeu o presidente depois da facada sofrida durante a campanha eleitoral de 2018, no dia 6 de setembro. A previsão inicial era de que a cirurgia durasse três horas. A hérnia havia ficado perto da cicatriz da facada, onde foram realizadas três laparotomias (aberturas na barriga).

Após a intervenção, o presidente deve ficar cinco dias internado, e dez dias afastado para se recuperar, segundo estimativa do médico. Nesse período, ele deverá usar uma cinta abdominal para ajudar na cicatrização. O vice-presidente Hamilton Mourão vai assumir a Presidência no período. 

Fonte: Correio