No Fazendão até o mês passado, o zagueiro Jackson reencontrará o Bahia dentro das quatro linhas como adversário. Emprestado pelo Esquadrão ao Fortaleza, ele defenderá a equipe cearense no confronto de domingo (15), às 16h, na Fonte Nova, em jogo válido pela última rodada do primeiro turno do Brasileirão.

Jackson defendeu o Bahia por mais de três anos. Ele foi contratado em 2016 e fez parte da campanha de acesso à Série A. Titular e capitão, o zagueiro viveu um drama em 2017, quando precisou passar por cirurgias no joelho. O retorno aos gramados aconteceu no ano passado. No começo dessa temporada, Jackson passou por nova cirurgia, dessa vez na face, após fratura sofrida na penúltima rodada da fase classificatória da Copa do Nordeste. 

Após as contratações dos também zagueiros Juninho, Marllon e Wanderson, durante a pausa para a Copa América, Jackson perdeu espaço no elenco do Bahia e negociou a transferência para o Fortaleza. Antes de deixar o Fazendão, o defensor prorrogou o contrato com o Esquadrão, que se encerraria no final de 2019. O novo vínculo vai até dezembro de 2020. O empréstimo ao time cearense será válido pelo mesmo período.  

Titular nos últimos três jogos do Fortaleza, Jackson estará em campo contra o Bahia porque o contrato de empréstimo não tem cláusulas que o impeçam de atuar. Outro velho conhecido da torcida tricolor, no entanto, não poderá jogar. Também emprestado à equipe cearense, o volante Juninho não pode enfrentar o Esquadrão.

Com 30 pontos, o Bahia é o 7º colocado na tabela da Série A. O tricolor tem a mesma pontuação do Internacional, último time do G6, que garante vaga à Libertadores. O Fortaleza está em 13º lugar e soma 21 pontos. 

Fonte: Correio