O ex-deputado federal Jean Wyllys vai fazer uma residência universitária em Harvard, nos EUA, segundo o jornal Extra, que cita amigos do ex-parlamentar como fonte.

O baiano vai aprofundar uma pesquisa que já começou, com a fundação Opena Society, sobre a ligação entre fake news e discursos de ódio contra minorias. A residência, que vai acontecer no Instituto de Pesquisa Afro-Latinoamericanos, deve durar um semestre e nesse tempo Wyllys pode dar algumas aulas ligadas ao tema em Harvard. O jornalista tem formação na Universidade Federal da Bahia (Ufba).

O ex-deputado fez uma postagem no Instagram com referência a sua nova fase. ELe cita uma canção de Bethânia, composta por Jorge Portugal. “Quanto mais a gente ensina mais aprende o que ensinou! (…) Pois trocar vida com vida é somar na dividida, multiplicando o amor, pra que o sonho dessa gente não seja mais afluente do medo em que desaguou”, diz a legenda. A foto traz crachá e bloco com logomarca de Harvard.

Reeleito nas últimas eleições, Jean abriu mão do seu terceiro mandato por conta de ameaças e deixou o Brasil. Ele andava com escolta desde que a vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco, sua colega de PSOL, foi assassinada, em março do ano passado. 

Fonte: Correio