O clima foi de agitação e adrenalina na Unijorge da Trancredo Neves, em Salvador, nesta segunda-feira (9). Três das tarefas mais aguardadas pelos 200 ex-alunos que participam da 4ª Gincanex – CaçaEx, EsquadrEX e MobilEX – tiveram seus regulamentos divulgados pela Gang Entretenimento.

Representantes das quatro equipes marcaram presença no local e, divididos em três salas – uma para cada tarefa especial, desvendaram os temas das tarefas e, além de receberem os regulamentos das ações, que este ano fazem parte das celebrações dos 40 anos do CORREIO.

Os fãs do clássico caça ao tesouro terão como tema norteador Ícones da Terceira Idade na tarefa CaçaEX e vão poder brincar com o fato de, mesmo estando na casa dos 20 ou até 30 anos, continuarem sendo gincanistas de carteirinha após sair da escola. “A gente resolveu colocar esse tema não só por tanto se ouvir que depois que saímos do colégio estamos “velhos demais para fazer gincana”, mas também porque a Caça é o nicho que mais tem ex-alunos mais velhos em idade mesmo. Ainda que tenha conquistado muitos ex-alunos mais novos, os mais antigos demoram um pouquinho de passar a bola. Resolvemos brincar com isso”, explica Romero Ribeiro, coordenador da Gang Entretenimento. Quem participar dessa atividade terá que resolver enigmas e circular bastante pela cidade.

Já os gincanistas que participarem da tradicional tarefa EsquadrEX estarão vestidos como personagens da banda Village People e vão sair pela cidade para tirar fotos e fazer videos em locais determinados ou com personalidades. “Na gincanex, uma dos nossos principais objetivos é fugir do óbvio e do esperado, Village People representa muito disso. É um tema retrô, musical e irreverente, tudo que queremos ver nos esquadrantes. Por se tratar de uma banda que marcou o público LGBTQ+ queremos ver todos os participantes quebrando paradigmas e curtindo o esquadrão sem moderação”, completa Romero.

(Foto: Divulgação)

No clima do da onda do ‘zap’, a tarefa Mobilize-se (que, na GincanEX, ganha o apelido carinhoso de MobilEX) terá como tema Bananas de Pijamas. “Fez parte das infâncias e mora nos corações de todos aqueles que curtiam desenhos animados na década de 1990. Como o desenho é relativamente antigo, a Gang optou por utilizá-lo como tema em uma gincana composta obrigatoriamente por ex-alunos, que, com certeza, conhecem (e amam) os irmãos gêmeos B1 e B2 e os seus amigos. A proposta da tarefa é resgatar músicas, usar o nome do tema para fazer trocadilhos (já imaginou quantas coisas existem com “bananas” ou “pijamas”?) e outras dinâmicas temáticas, que façam com que os gincanistas viajem no tempo, de volta ao ‘Bananas, de Pijamas, descendo as escadas…'”, lembra Romero.

(Foto: Divulgação)

Ele ressalta que a tarefa busca juntar as noções mais básicas de gincana com uma coisa que tem invadido cada vez mais o nosso dia-a-dia: a tecnologia: “Todas as missões do MobilEX são enviadas por aplicativos de celular (WhatsApp, Instagram, Facebook ou Twitter) e respondidas de igual forma. Fotos, vídeos, notas de áudio, ligações online ou compartilhamento de localização – tudo para tornar a troca de informações ainda mais rápida. E a diversão, claro, é garantida”.

As quatro equipes terão que escolher um líder e até oito componentes para cumprir essas tarefas especiais nos próximos dias 28 e 29 de setembro. Cada uma dessas tarefas, ressalta Romero, pode ser decisiva na pontuação final da gincana. A equipe vencedora da competição vai levar para casa R$ 2 mil, e sair da Universidade Jorge Amado, onde o evento vai acontecer, direto para uma festa de comemoração.

Mais sobre a Gincanex
Vale lembrar que, além dessas tarefas especiais, a 4ª Gincanex também contará com tarefas de quadra, já tradicionais nas gincanas realizadas pela Gang Entretenimento em 16 escolas particulares de Salvador. Essas, inclusive, já são conhecidas pelos ex-alunos. Como pré-requisito para inscrição na competição especial, eles tinham que ter estudado em algum dos colégios em que a Gang realizou gincanas nos anos de 2018 e 2019. São eles: Módulo, Portinari, Oficina, Anchieta, São Paulo, Marista, Antônio Vieira, Gregor Mendel, Resgate, Marizia Maior, Apoio Vilas, ISBA, Ômega, Impacto, Gurilândia e Escola Pan Americana da Bahia. 

“A Gincanex nasceu para atender uma demanda de ex-alunos das escolas em que a gente atua, que gostariam de participar ainda das gincanas, mas acabam ficando de fora porque nas escolas existe uma cota de ex-alunos que não dá para todo mundo’, explica Romero Ribeiro.

Romero Ribeiro comandou o sorteio do dia 30 e também apresentou os regulamentos nesta terça (9)
(Foto: Betto Jr./CORREIO)

“O lado lúdico da gincana permanece sempre, mas existem tarefas que a gente pensa e não passariam nos colégios. A gente dá uma repaginada e traz pra cá porque a gente sabe que eles esperam por isso”, acrescenta Romero. No fim do mês, quando a tão esperada gincana chegar, os eternos gincanistas terão direito a todas as tarefas das gincanas de escola.

Garantido o que já é clássico, a Gincanex terá ainda criações inéditas para essa edição. Realizada também para comemorar os 40 anos do CORREIO, a competição contou com a ajuda de dois jornalistas do jornal para realizar uma espécie de curadoria sugerindo e ajudando a pensar tarefas comemorativas especiais. 

Um dos responsáveis pela curadoria, o jornalista Jorge Gauthier comenta a importância desse tipo de competição. “As gincanas são instrumentos educativos que nas escolas têm importante papel de potencializar conhecimento mas também de estimular a integração social dos estudantes. Através dessa gincana com ex-alunos de escolas de Salvador daremos a oportunidade das pessoas reviverem esses momentos’ , afirma o chefe de reportagem do CORREIO curador da gincana ao lado da também jornalista Naiana Ribeiro.

Se tarefas temáticas não forem suficientes, o coordenador da Gincanex, Márcio Gomez garante que os participantes não perdem por esperar pelo fim de semana de competição. “Estamos preparando coisas novas, tarefas que a gente nunca fez, coisas inéditas. Tem, por exemplo, uma tarefa chamada gaiola, que a gente nunca fez em colégio nenhum. Ainda não dá pra contar os detalhes pra não estragar”, faz suspense. 

(Foto: Betto Jr./CORREIO)

Expectativa
A empolgação dos participantes era de estar reunido com pessoas de outras escolas, que acabam se conhecendo pelo amor que  tem a gincana, mas que nunca podem competir juntas. “A gente tá muito feliz, caimos com uma galera que a gente gosta muito, que são de outros colégios. Agora, no dia, é all inclusive de triunfos! A gente quer ganhar tudo’, brinca a estudante de veterinária Amanda Argüelles, 21, ex-aluna do Colégio Portinari, que vai para a sua 9ª gincana. “As gincanas foram as experiências mais enriquecedoras da minha vida, por isso faço até hoje”, diz a jovem que faz parte da equipe azul.

A resposta de Amanda é a unanimidade entre os jovens. “É uma das poucas coisas que eu conheço que une tanto as pessoas. A gente tá muito ansioso para ver como vai ser dessa vez com os 40 anos do Correio” diz o estudante de química, Gabriel Reis, 23, da equipe amarela.

“Os melhores amigos que eu fiz na vida, eu fiz na gincana. Aprendi a trabalhar em equipe, a desenvolver espírito de liderança. Eu não me vejo não fazendo isso”, completa a estudante Mila Moscozo, 18, da equipe vermelha.

“Eu vim pela resenha, pra reencontrar a galera, gincana pra mim é um momento de reviver essas lembranças”, defende Ronald Araújo, 18, da verde. 

Gang
O amor pela gincana, no entanto, não é restrito a quem compete. Na organização mais de 20 pessoas da Gang Entretenimento pensam as tarefas para transformar o fim de semana do final do mês em ótimas lembranças para os gincanistas apaixonados. Entre os membros da equipe, gente que por anos foi competidor e agora está do outro lado.

É o caso do estudante de administração Vinícius Rodrigues, 20, que passou para a equipe de organizadores depois de 10 gincanas, e não esconde a felicidade. “É uma oportunidade de fazer gincana e estar sempre se desenvolvendo, você aprende muito, conhece muita gente, se desenvolve, para ser um profissional e um ser humano melhor”, diz. No final da noite, as equipes já iam saindo juntas da praça. A gincana, que só é no fim do mês já tinha começado. Nessa noite de sexta, seja no bar ou na balada, entre esses jovens o assunto, com certeza, só será um: gincana.  

O projeto Correio 40 Anos tem oferecimento do Bradesco, patrocínio do Hapvida e Sotero Ambiental, apoio institucional da Prefeitura de Salvador, e apoio de Vinci Airports, Senai, Salvador Shopping, Unijorge, Claro, Itaipava Arena Fonte Nova, Sebrae e Santa Casa da Bahia.

Saiba quem está em cada equipe

  • Equipe Amarela

Maria Luisa Fonseca Carvalho – CAV
Matheus Sampaio Santos – CAV
Rafael Antonius Araujo de Jesus – CAV
Alana Santana Menezes Barbosa – CAV
Glória Maria Soares Jacobina – Anchieta
Gabriel Leite Chaves – CSP 
João Victor Costa Pinto – CSP
Mauricio Landim Castelo Branco – CSP
Marina Silva Rodrigues de Souza – CSP
Beatriz Rabello – CAV
Maria Vitória Santa Bárbara Carneiro – CAV
Victoria Tavares Buffone – CAV
Mário Gabriel Cardoso Ferreira – CAV
Brunno Puonzo Caldeira – CAV
Carolina Freire Saback Barbosa – CAV
Rafael Barbosa Tourinho Dantas – CAV
Jorge Henrique Fontes Rosal Leite – CAV
Lucca Protásio Dazzani – CAV
Matheus Norberto Mattos de Melo – CAV
Julia Teixeira Fisher – CAV
Maria Eduarda Cidade Argolo – Mendel
Diogo Reis Miranda de Assis – Mendel
João Gabriel Reis Borges – Mendel
Lucas Antonio Santana Santos – Mendel
Stephany Pinho Lopes Cunha – Mendel
Gustavo Hamad Santos de Morais – Anchieta
Daniel Ribeiro Leite – Anchieta
Vitor D’el-Rei Fraga Dantas – Anchieta
Gustavo Scolese Ribeiro – Anchieta
Arthur Cunha Carneiro – Anchieta
Ricardo Luis de Albuquerque Júnior – Anchieta
Leandro Baqueiro Ribeiro – Anchieta
Felipe Gomes Leal da Costa – Anchieta
Rafael Abib Fernandes de Barros – Anchieta
Luiza Oliveira Bezerra – Anchieta
Lucas da Silva Bordoni – Anchieta
George Gustavo Santos Souza Filho – Anchieta
Kamilla Stteffany Domingos da Silva – Anchieta
Gabriel Carvalho Trigueiro Pires – Mendel
Caio Abbehusen Lima Curvello – CAV
Gabriel Gil Moreira Costa de Almeida – CAV
Lucas Gil Moreira Costa de Almeida – CAV
Vanessa Gonçalves Silveira – CAV
Enzo Alves Lopes – CAV
Marcos Patrick Santos Cerqueira – CAV
Rodrigo de Aguiar Menezes – Marizia
Luciano Soares Hora – Portinari
Guilherme Pinheiro Homem – Portinari
Rafael Cunha Barreto Santos – Portinari
João Antônio Pimentel Moura – Portinari

  • Equipe Verde

Luisa Calmon Gonçalves de Araujo – CAV
Maria Clara Gouveia de Andrade – Anchieta
Maria Luiza Barreto Teodósio – Anchieta
Marília Damasceno de Andrade – Anchieta
Ronald Monteiro de Araujo Neto – CSP
Fredie C. Souza Didier – CSP
Lucas Adam Ferreira – CSP
Renata Miguez de Carvalho – CSP
Daniel Rios de Souza Santos – CSP
Caio Pereira de Oliveira – Anchieta
Sophia Regina Fernandes Bonfim – Marista
Rebeca Maria Cruz Paulino – Marista
Lara Lima Cirqueira – Marista
Ana Beatriz Farias de Oliveira – Oficina
Sara Oliveira da Silva Cruz – Módulo
Kamilla Rodrigues Brazileiro – Módulo
Victoria Viana de Azevedo Alves – Módulo
Victor Francisco Sousa Vidal – Módulo
Matheus de Oliveira Aguiar – Módulo
Pedro Chaves Nascimento – Módulo
Blanco Fernandes Malaquias – Portinari
João Pedro Costa Neves – Portinari
Hugo Barreto de Carvalho Santana – Portinari
Pyetro Araújo de Queiroz – Portinari
Gabriela Costa Argollo Galvão – Portinari
Gustavo Góes Menezes Barreto – CSP
Bruno Vieira Costa – CSP
Leonardo Stanziola Nascimento – CSP
Rodrigo Gonzaga Ribeiro – CAV
Luísa dos Santos Britto – Anchieta
Lara Almeida Dourado – Marizia
Arthur José Lima dos Santos Reis – Marizia
Isabella Reis Menezes – Marizia
Yasmin Landim Batista Nery – Marizia
João Eduardo Machado Girardi – Marizia
Mellina Watanabe Ono – Marista
João Pedro Marinho Vieira – Marista
Gustavo Figueredo Duarte Lima – Marista
Thais Ferraz de Mello – Marista
Felipe Checcucci Ribeiro Rangel – Marista
Matheus Floresta Ribas – CSP
Guilherme Lima Escariz – CSP
Bernardo López Souto Maia – CSP
Caio Rios Carneiro de Carvalho – CSP
Vitor Barretto Borba Filho – CSP
Marina Chaves Gonçalves – CSP
Sérgio de Assis Silva Filho – CSP
Igor Vieira Lima – CSP
Rafael Couto Guerrieri Bisneto – CSP
Amanda Souza Rodrigues – Anchieta

  • Equipe Vermelha

Matheus Almeida Ribeiro da Cunha – CAV
Maria Victoria Rocha de Alencar – CAV
Gabriel Cal Souza dos Santos – CAV
Pedro Talamoni de Abreu – CAV
Gloria Maria Vieira Moreno – CAV
Beatriz Gonzalez Folly de Mendonça – Anchieta
Giovana Miranda Galvão – Anchieta
Maicon Cardoso Cruz – Anchieta
Carolina Brandão Pereira Morares – Anchieta
Marina Teles Ferreira Oliveira – Anchieta
Priscila Maia Bastos – Anchieta
Daniel da Rocha Carneiro – Anchieta
Mila Siquara Moscozo – Anchieta
Tito Mendonça Canário – CSP
Anaís de Almeida Mattos – CSP
Eugênio Alves Miguel Batista Barreto – Mendel
Liz Vernin Duarte Reis – Mendel
Helen Souza Leite Santos – Mendel
Manuella Barbosa Rodrigues – Mendel
Raissa Valverde Lima Barreto – Mendel
Ricardo Cavalcante Mota – CSP
Carolina Aslan Ribeiro Brito – CSP
Francisco Pessoa Borges dos Santos – Oficina
Rodrigo Iglesias Moure Guimarães – Oficina
Ricardo Barros de Castro – Oficina
Carolina Seixas Marques Diniz – Oficina
Josmar de Melo Moreira Filho – Módulo
Matheus França Batista do Carmo – Módulo
Augusto Vilas Boas Oliveira – Marista
Matheus Gomes Frugoni de Souza – Marista
Ingrid Quitoga Deway – CAV
Gabriela Almeida Melo – CAV
Juliana Oliveira de Carvalho – CAV
Gustavo Ribeiro Custódio dos Santos – CAV
Raphael Almeida Gonçalves – ISBA
Paulo Henrique Pereira Martins Filho – Marista
Caio Barros – Marista
Victor D’Alva Câmera Cavalcanti – Marista
Raphael Queiroz de Araujo – Marista
Hugo Baptista Santos – Marizia
Andressa Amorim Rocha – Apoio
Yasmin Santos Tomarine – Apoio
Melissa Stier – Apoio
Camila Paola de Oliveira Palma – Apoio
Ana Pimenta Guimarães – Apoio
Maria Victoria Tavares do Rosário – CAV
Natália de Souza Borges – CAV
Carlos Sérgio Coelho Serra Segundo – CAV
Clara Matos de Souza Leite – CAV
Sofia de Souza Borges – CAV

  • Equipe Azul

André Jeronimo Montenegro – Anchieta
Djairo da Silva Costa Júnior – Anchieta
Manuella Dias Cardoso Montenegro – Anchieta
Rachel de Oliva Perdigão – Anchieta
Pedro Henrique de Oliva Perdigão – Oficina
Júlia Lorena Bologna Martins – Omega
Filipe Pereira Seixas – Impacto
Lázaro Felipe Souza Maia – Impacto
Caio Wasconcellos Vazques – Impacto
Raissa Tânia Marques de Souza – Impacto
Maria Eduarda Damasceno Martins – Marizia
Larissa Pereira da Cunha – Marizia
Uriel Sigrid Lerner Almeida – Marizia
Thiago Coelho Souza da Cruz – Marizia
Victor de Oliveira Melo – CSP
Nauan Galasso Mariz Gomes – Marista
Eduardo Costa de Araujo – Marista
Leonardo Crisóstomo Gois Pereira – Marista
Lucca de Sá Leal Barreto – Marista
Rafael Crisóstomo de Queiroz – Marista
Bruno Botelho Nascimento – Módulo
Aline Dourado – Módulo
Kayan Carvalho Santos da Silva – Módulo
Ticiana Cabirta de Amorim – Módulo
Leonardo Lopes Ribeiro – Portinari
João Gabriel De Alencar Barbosa – CAV
Eduardo Oliveira Munoz – Oficina
Gabriel Gonzaga de Menezes Nunes – Anchieta
Átila Barroso Carneiro – Anchieta
Pedro Henrique Lopes Siqueira – Anchieta
Fellipe Ribeiro Silva – Portinari
Amanda Arguelles Nunes de Oliveira – Portinari
Arthur Jeffter Dias Lobo – Portinari
Bianca Almeira Silvany Tavares – Portinari
André de Souza Melo – CAV
Bárbara Vieira Souza – Marista
Marília Flor Sant’ana Reis – Marista
Bruna Moreira de Souza Rosa – Marista
Marina Vieira Santos – Marista
Gabriel Mascarenhas Pereira – ISBA
Sávio Alvides Nascimento Souza – CSP
Raquel Dantas Souza Pimentel – CSP
Fernanda Menezes Sampaio Ribeiro – CSP
Lucas Bomfim Cruz Canuto – CSP
Rachel Ferraz Lessa – CSP
Paula Cervino Carvalho – Módulo
Rodrigo de Carvalho Rezende – Módulo
Beatriz Andrade Moysés – Módulo
Rodrigo Costa de Andrade – Módulo
Luciana Figliuolo Jucá – Módulo

*Com orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro

Fonte: Correio