Athletico Paranaense e Internacional iniciaram na noite desta quarta-feira (11), na Arena da Baixada, em Curitiba, a batalha para ver quem fica com o título da Copa do Brasil de 2019 e, consequentemente, a vaga na Copa Libertadores da América do próximo ano. 

E os donos da casa ganharam por 1×0, gol marcado por Bruno Guimarães. Com o resultado, o rubro-negro jogará por um empate na volta. Triunfo colorado por um gol de diferença leva para os pênaltis. A partida decisiva será disputada na próxima quarta-feira (18), às 21h30, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. 

O primeiro tempo de jogo aconteceu da forma esperada, com o Furacão aproveitando o apoio da torcida nas arquibancadas e o colorado apostando nos contra-ataques. O resultado disso foi um Athletico-PR com 73% de posse de bola nos 45 minutos iniciais de duelo. 

Apesar disso, os donos da casa não assustaram o goleiro Marcelo Lomba. As tentativas de Rony e Léo Cittadini foram frustradas. Os visitantes, por sua vez, apostavam no talento do argentino D’Alessandro, que encontrou Nico López como válvula de escape em duas oportunidades, mas ambas sem sucesso.

Gol decisivo
Na volta do intervalo, os treinadores Tiago Nunes e Odair Hellmann não modificaram as equipes. O panorama, com isso, não mudou de imediato. 

Só que, aos 11 minutos, Tiago Nunes optou pela entrada de Thonny Anderson no lugar de Cittadini. Deu certo. No minuto seguinte, Thonny começou a jogada do gol, Marco Ruben aproveitou e achou o volante Bruno Guimarães na área. Ele só tirou de Marcelo Lomba e correu para comemorar com a torcida do Athletico: 1×0. 

Aos 27, quase o Furacão chegou ao segundo. Rony passou como quis pela defesa colorada e chutou forte, só que Lomba esticou o braço direito e fez uma defesa espetacular. 

O Inter até tentou reagir e se lançou mais ao ataque, porém o Athletico estava bem postado no sistema defensivo e conseguiu segurar a vantagem mínima para o confronto do Beira-Rio. 

Fonte: Correio