Sindicatos de funcionários dos Correios anunciaram que estão em greve a partir da noite dessa terça-feira, 10. Os trabalhadores afirmam que o objetivo da mobilização é impedir a redução de salários e de benefícios. Eles também se colocam contra a privatização da estatal.

Segundo comunicado divulgado pelo o Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares de São Paulo (Sintect-SP), a greve foi decidida em assembleias pelo menos nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Tocantins e Maranhão.

Privatização
Os Correios estão entre as empresas que o governo de Jair Bolsonaro pretende privatizar. A estatal tem o monopólio de serviços postais no Brasil.

Prejuízos?

Pelo Twitter, o Correios informou que “a paralisação parcial que teve início nesta terça-feira (10) em algumas localidades do país não prejudicará a população”. Para informações sobre produtos e serviços, há recomendação para que os clientes liguem 0800 725 0100.

Fonte: Agencia Brasil