Um ajudante de cozinha de 39 anos foi multado em R$ 561 mil após ser flagrado, por volta das 12h desta quinta-feira (11), transportando irregularmente 187 cabras em Itaquera (zona leste da capital paulista). Segundo a polícia, 14 animais morreram por conta de maus tratos.

De acordo com a Polícia Militar, um caminhão com placas da Bahia foi flagrado trafegando pela avenida Jacu Pêssego. O motorista foi abordado e apresentou aos policiais uma guia de trânsito dos animais. Porém, segundo o boletim de ocorrência, o documento havia vencido no último dia 7. Três cabras tiveram filhotes durante a viagem.

Imagens feitas pela polícia mostram que os animais foram transportados sem segurança e sem ventilação, além de não contarem com água ou alimento. Durante o percurso do nordeste até a capital paulista, quatro animais morreram. Outros dez morreram nesta quinta-feira (12) após serem encaminhados ao Instituto Eu Sou o Bicho, em Cajamar (Grande SP). 

À polícia, o acusado afirmou primeiramente que pretendia levar os animais até Itaquaquecetuba (Grande SP). Depois, ele mudou sua versão e afirmou que venderia os bichos a granel na zona leste de São Paulo. 

O Instituto que acolheu os animais irá tratá-los temporariamente, para que posteriormente sejam encaminhados para o Santuário Terra dos Bichos, em São Roque (66 km de SP). 
O motorista foi indiciado por maus tratos, mas vai responder ao caso em liberdade. 

Fonte: Agencia Brasil