Com uma voz potente que a tornou famosa pelos covers de Amy Winehouse, a baiana Clariana acaba de lançar seu primeiro EP intitulado “Pra Sentir”. O disco com cinco faixas já está disponível em todas as plataformas digitais e conta com músicas já conhecidas do público como “Sorte Destinada”, primeiro single lançado pela cantora com clipe gravado na Chapada Diamantina.

“Há algum tempo eu esperava a oportunidade de gravar minhas músicas autorais. São quase dozes de carreira, entre vitórias e frustrações, me senti rodeada de pessoas que acreditam em meu trabalho e junto com ajuda delas o EP foi lançado depois de meses e meses em laboratório”, afirma Clariana. 

O novo EP também conta com as faixas “A Fim de Encontrar”, lançada mês passado, e as inéditas “Pra Sentir”, “Altos e Baixos” e “Por Dentro do Interior”.

Gravado em Salvador, com a produção de Théo Silva, e as participações de Jackson Almeida, na guitarra, Lucas Bass, no contrabaixo e Juliano Valle, que assina o beat e o teclado, com mixagem e masterização de André T, o EP leva o selo da gravadora ONErpm e a cantora faz parte do casting da produtora Playground.

Algumas faixas também contaram com a participação especial de amigos, como a banda Atabasabar com seus tambores africanos, o baixo acústico de Alexandre Vieira (JAPA), os teclados de Bruno Aranha, cordas e arranjo de cordas de André Magalhães e Márcio Brasil.

“A minha intenção neste EP é trazer as canções que mostram meu modo de viver a música com sensibilidade, coração e melodias trabalhadas. Eu faço questão de colocar nas minhas mensagens o modo positivo de ver a vida. Eu posso contar uma história triste, mas busco sempre trazer com ela uma solução positiva para nossos sentimentos, espiritualidade e intelectualidade”, explica Clariana.

Conhecida na cena musical pelo trabalho que desenvolve há alguns anos em homenagem a Amy Winehouse, a cantora soteropolitana despontou em 2019 com sua carreira autoral, apresentando novidades em seus shows e suas redes que têm agradado muito o público.  

“Eu já vinha trilhando uma trajetória muito bacana na música, com o projeto Amy Reggaehouse – em homenagem a Amy – onde me rendeu reconhecimento internacional de Zalon Thompson, backing vocal da Amy e de seu guitarrista, Robin Banerjee. Mas sempre senti que precisava buscar um espaço meu, onde pudesse dar vazão ao que ouço, ao que produzo, ao que me toca”, explica. 

Quem é Clariana?
Nascida no dia 30 de dezembro de 1994, filha de Luiz Fróes, compositor e engenheiro, e de Manuela, atleta, Clariana desde criança se interessou pela música. Aos nove anos aprendeu a tocar violão com um vizinho quando morava em Belmonte, desde então passou a compor com Anderson Fróes, seu irmão mais velho.

Mas foi mesmo aos 13 anos quando partiu para os palcos dos barzinhos em Porto Seguro, extremo sul da Bahia. Cantou durante cinco anos na sua primeira banda de rock, chamada EX-29, que com ela participou do Festival de Verão em 2013, neste mesmo ano participou da segunda edição do The Voice Brasil.

Depois da morte de Amy e por acompanhar e curtir bastante o estilo da cantora, Clariana lançou em 2017, o projeto “Amy Reggaehouse”, que ganhou espaço desde então e ajudou a projetar a nova voz da Bahia para outras regiões do Brasil.

Por todos os atributos e pela versatilidade que tem apresentado ao longo dos 12 anos em que se dedica à carreira profissional, Clariana já é considerada umas das grandes revelações da música brasileira.

“São muitos anos de dedicação à música e sempre produzindo. Guardei bastante material – e continuo guardando. Agora chegou a hora de começar a apresentar um pouco mais de tudo isso ao público. Só tenho a agradecer pelo carinho e apoio que recebo por onde passo”, conta.

Dona de uma criatividade gigante, Clariana idealizou o seu primeiro clipe de Sorte Destinada, gravado na Chapada Diamantina, no interior baiano, com direção da própria junto à stylist Lívia Cady, editado por Tiago Lins. “O resultado final ficou lindo! O ambiente da Chapada Diamantina, um dos mais bonitos da nossa Bahia, agregou e fez toda a diferença no clipe”, explica a cantora, dona de uma voz cheia de personalidade e uma bela presença cênica.

Fonte: Correio