Segue durante todo o domingo, na Praça da Sé, a Feira batizada com o nome do principal templo católico da primeira capital do Brasil. Com 80 expositores e atrações musicais que têm início às 13h, com a DJ Larriel, que mesclará ritmos brasileiros e latinos até as 15h, a Feira da Sé também será palco para apresentação do poeta Maviael Melo.

O espaço está reunindo artesanato, moda, gastronomia, antiguidades, artes visuais e produtos colecionáveis.

Neste sábado (14), a artesã Natália Badaró foi conferir as peças expostas e ficou satisfeita com o que viu. “Estava entristecida com dia de hoje, pois é aniversário de morte do meu marido, mas aqui tem tanta beleza, as coisas estão com tanta qualidade que a alegria voltou”, disse a senhora, ressaltando, sobretudo os trabalhos de tecelagem e as bijouterias. “Até a estrutura das barracas é bonita e foge daquele formato comum das feiras”, elogiou.

A professora Nilzete Costa, 60, também elogiou a diversidade presente na feira. “Estimula a descobrir cada barraca e oferece uma alternativa para quem quer passear ao ar livre, nessa área histórica tão especial”, completou. 

A artesã Natália Badaró (à esquerda), 71, elogiou a qualidade dos trabalhos apresentados e da estrutura física do evento (Foto: Carmen Vasconcelos)

 

Fonte: Correio