A reestreia do Vitória na Arena Fonte Nova em jogo contra o Guarani, na tarde deste sábado (14), foi marcada por confusão e vandalismo. De acordo com a assessoria do estádio, vândalos danificaram dependências da Arena, que é patrimônio público do Estado. Não foram detalhados quais equipamentos foram depredados, mas vídeos que circularam nas redes sociais mostram alguns torcedores quebrando cadeiras, jogando papel higiênico em pia, pisando e chutando objetos do banheiro. Não há, contudo, como saber se todos os registros se referem à situação ocorrida ontem. Em nota, a Polícia Militar informou que policiou o estádio durante o jogo, no entanto, não houve nenhum acionamento relativo ao fato relatado. 

O E.C Vitória também se pronunciou. No Twitter, o clube exclamou que “vândalos não nos representam”. “O Esporte Clube Vitória repudia veementemente a ação de vandalos que depredaram a Arena Fonte Nova após o jogo da tarde de sábado. Ressaltamos que estes vândalos não representam a verdadeira torcida rubro-negra que é e sempre foi ordeira. Esperamos que os responsáveis por tais atos sejam identificados e punidos”, publicou.

O sábado já tinha começado com uma provocação, quando quilos de milho foram derramados em frente à Arena Fonte Nova. Nas redes sociais, usuários atribuíram a ação com milho a torcedores do Bahia. “Hoje tem banquete para os torcedores do Vice! 200kg de milho jogados ao redor da fonte nova”, provocou uma usuária, no Twitter. A quantidade de grãos, no entanto, não foi confirmada pela Limpurb. 

A revanche veio também em forma de provocação, bom humor e um punhado de solidariedade. O Comando Feminino da Torcida Uniformizada Os Imbatíveis (TUI), principal organizada do Vitória, iniciou uma campanha para arrecadação de latas de sardinhas, também em provocação aos torcedores rivais. O motivo tem, porém, uma boa causa: os alimentados serão doados para instituições de caridade, escolas e asilos.

A partida do sábado foi a primeira do time rubro-negro depois do anúncio, na segunda-feira (9), de que mandaria seus jogos para a Fonte Nova até 2022. Na partida contra o Guarani aconteceu, pela 22ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Leão perdeu para o adversário – então lanterna da competição – por 1×0. A derrota aconteceu diante de mais de 17 mil torcedores – o maior público do rubro-negro na Série B 2019, quase o dobro do que tinha recebido até então.

Fonte: Correio