O filho adotivo da deputada federal Flordelis dos Santos e do pastor Anderson do Carmo, Lucas Cézar dos Santos, que está preso acusado de envolvimento na morte do pai, implicou, em um de seus depoimentos, sua sobrinha Rayane Silva, neta de Flordelis. A informação é do jornal “Extra”. 

Segundo Lucas, ela teria enviado uma mensagem a ele pedindo que matasse o pastor – pelo o que lhe pagaria R$ 10 mil a serem divididos entre o rapaz e a pessoa contratada como executora. 
Essa pode ter sido uma das motivações para o cumprimento de mandados de busca e apreensão realizados nessa terça-feira (17) em quatro residências ligadas à deputada. O celular de Rayane foi apreendido no apartamento funcional de Flordelis, em Brasília.

Além de Lucas, acusado de ter comprado a arma usada no crime, o filho biológico de Flordelis, Flávio dos Santos Rodrigues, também está preso. Ele confessou que deu seis tiros em seu padrasto, Anderson. Lucas, por sua vez, nega envolvimento no crime.

O pastor foi morto a tiros, na garagem de, em Niterói, em 16 de junho. A polícia investiga motivações diversas, como razões financeiras, desavenças sobre a gestão patrimonial, e até adultério. 

Apreensões nessa terça
Além do celular de Rayane, segundo o G1, foram apreendidos, na operação dessa terça-feira, os celulares de Flordelis e de Lorrane dos Santos, outra neta da parlamentar, irmã de Rayane. Lorrane é investigada por suspeita de jogar um celular no mar – seria o aparelho de Anderson, até agora não localizado. Ela nega. 

A polícia também apreendeu um computador de Anderson que pode estar sincronizado com o celular e o tablet. 

Fonte: Agencia Brasil