Uma agência do banco Santander, localizada na Rua Miguel Calmon, no Comércio, foi atacada na madrugada desta quinta-feira (19). Dois monitores de TV foram levados pelos criminosos. A suspeita da polícia é que a ação tenha sido praticada por um casal de moradores de rua. Parte dos vidros das janelas agência foram quebrados. 

De acordo com informações da Polícia Militar, uma equipe da 16ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Comércio) foi acionada para atender a ocorrência após informações de que a instituição financeira tinha sido atacada, por volta das 5h50 desta quinta-feira.

(Foto: Eduardo Dias/CORREIO)

Ainda segundo a PM, a área foi isolada e a Polícia Civil acionada para proceder com a perícia. Representantes de uma empresa de segurança particular chegaram ao local e foram orientados pela guarnição a efetuar o registro de ocorrência na delegacia, a fim de que o fato seja investigado.Procurado pelo CORREIO, o banco Santander ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

De acordo com o Sindicato dos Bancários da Bahia, só em 2019 já foram registrados 20 ataques a bancos no estado. Salvador soma quartos desses ataques. Os dois primeiros casos ocorreram em 7 de janeiro, onde duas explosões a caixas eletrônicos dos bancos 24 horas foram registradas na Mata Escura. O último caso havia sido uma tentativa de assalto a agência na Liberdade, no dia 21 do mesmo mês.O ataque na agência do comércio é o quarto somente neste ano.

“Nós temos feito um acompanhamento de todos os casos de arrombamento, assaltos e explosões nas agências e feito uma sistematização e sempre estamos em contato com a Secretaria de Segurança Pública e também com o comando geral da PM e com a Federação Nacional dos Fancos (Febraban), cobrando deles uma convergência de esforços para combater crimes que atingem as instituições financeiras”, afirmou Augusto Vasconcelos, presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia. 

*Com orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro

Fonte: Correio