A derrota por 2×1 para o Corinthians, sábado (21), no Itaquerão, custou ao tricolor uma posição na tabela, mas não só isso. Sem somar pontos, o Esquadrão caiu da 7ª para a 8ª posição, porque foi ultrapassado pelo Grêmio, deixou a oportunidade de entrar no G6 do Campeonato Brasileiro escapar e ainda viu a concorrência abrir distância em uma 20ª rodada em que tudo deu errado para o time baiano. 

Mesmo que vença o jogo de quarta-feira (25), contra o Botafogo, às 21h30, na Fonte Nova, o tricolor não conseguirá na próxima rodada do campeonato figurar na zona dos times que se classificam para a Libertadores.

O Bahia viu sua série de nove jogos de invencibilidade ser encerrada justamente num fim de semana em que quase todos os adversários diretos na briga pelo G6 pontuaram. Dos times que estão acima na tabela, somente o Santos perdeu e todos os demais venceram. Ainda assim, foi a derrota do Peixe por 3×0 para o Grêmio – em plena Vila Belmiro na noite de sábado – que fez o Bahia perder uma posição por causa do saldo de gols. 

O Internacional, 4º colocado, ganhou da Chapecoense por 1×0, no Beira-Rio, em Porto Alegre, e chegou a 36 pontos neste domingo (22). Ao derrotar o Bahia, o Corinthians foi a 35 e se manteve na 5ª posição. Em 6º lugar, o São Paulo também alcançou 35 pontos ao bater o Botafogo, por 2×1, no Engenhão, no Rio de Janeiro. 

Com 31 pontos, o time comandado por Roger Machado não tem chance de ultrapassar a equipe paulista na 21ª rodada para entrar no G6.

Apesar do tropeço na estreia do returno ter feito o Bahia se distanciar do G6, o time mostrou ao longo do primeiro turno que tem potencial para subir na tabela. E nas próximas três rodadas, o Esquadrão enfrentará times que atualmente estão abaixo dele na classificação.

Com 27 pontos, o Botafogo é o 11º colocado. É importante que o Esquadrão vença o duelo de quarta-feira inclusive para não deixar o adversário diminuir a diferença de pontuação. 

No dia 30, o Bahia enfrentará o Avaí, atual lanterna da Série A, na Ressacada, em Florianópolis. O time catarinense soma apenas 13 pontos.

Depois, no dia 5 de outubro, a partida será contra o Athletico-PR, na Fonte Nova. A equipe paranaense está em 9º lugar, com 27 pontos, mas já tem vaga garantida na Libertadores por ter conquistado a Copa do Brasil.

Sem desanimar
Apesar da derrota, o técnico Roger Machado gostou da atuação do time diante do Corinthians e confia que o elenco não se deixará abater pela perda da invencibilidade. “Fizemos um grande jogo. É estar motivado, porque, na metade da próxima semana, temos mais um compromisso. Recuperar pontos que deixamos fora de casa”, afirmou o treinador.

A delegação retornou a Salvador neste domingo pela manhã e se reapresenta segunda-feira (23) à tarde no Fazendão, quando dará início à preparação para o jogo contra o Botafogo. Apesar de quatro jogadores terem levado cartão amarelo no jogo contra o Corinthians – Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Artur e Flávio -, o Bahia não tem desfalques por suspensão.

O atacante Lucca volta a ficar à disposição. Ele não pôde atuar na rodada passada porque uma cláusula contratual o impedia de enfrentar o Corinthians, clube que o emprestou.

O técnico Roger Machado terá apenas dois treinamentos para aprimorar o time até a próxima partida. “É tentar ajustar nos poucos minutos que tem, com muita conversa, e acreditar que o conteúdo dado vai ser resgatado nos momentos de necessidade. Muito descanso. Mais do que treino a partir de agora”, comentou o treinador tricolor.

Fonte: Correio