Uma semana depois do início das queimadas na Serra do Mimo, em Barreiras, no Oeste do estado, os bombeiros informaram que conseguiram controlar o incêndio. Segundo o Corpo de Bombeiros Militares da Bahia, até o final da manhã desta terça-feira (24), os militares debelaram as últimas chamas que haviam no local e não identificaram mais focos ativos.

As equipes continuam no local fazendo o monitoramento da serra para evitar riscos de novos focos. Os militares informaram que só será possível declarar o incêndio como extinto passadas 72h sem incidência de fogo. Ainda há fumaça na Serra, mas os bombeiros disseram que elas são provenientes de troncos de madeira que estão isolados e não oferecem riscos.

Pela manhã, duas aeronaves chegaram ao município de Barreiras para auxiliar nas ações de combate a incêndio na região. O capitão BM Florinato Sertão sobrevoou a área e identificou que, na Serra do Mimo, por enquanto, não há a necessidade de utilizá-las.

O fogo na Serra do Mimo começou na terça-feira (17). Três dias depois, mais de 15 homens se deslocaram para a região do incêndio. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, até as 9h de sexta-feira (20), os militares já haviam percorrido mais de 5 km de serra no controle às chamas. O local é de difícil acesso, e os bombeiros utilizaram ferramentas como pás, foices, enxadas e picaretas para adentrar a mata.

As ações em andamento fazem parte das gestões do Programa Bahia Sem Fogo, que envolvem a atuação conjunta do Corpo de Bombeiros Militares da Bahia (CBMBA), Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) e Instituto do Meio Ambiente E Recursos Hídricos (Inema).

Fonte: Correio