Flecha atingiu os dois pulmões de Anderson (Foto: Tailane Muniz/CORREIO)

Um raio-X, obtido com exclusividade pelo CORREIO mostra a flechada que atingiu Anderson Cleiton Batista Pereira, 41 anos, na tarde desta quinta-feira (26), no bairro da Federação, na capital. Ele chegou ao Hospital Geral do Estado (HGE) socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, inconsciente, e com o objeto atravessado no corpo.

Em cirurgia que durou cerca de dez horas, a flecha, que perfurou os dois pulmões da vítima, foi retirada pelos médicos perto da madrugada. Agora, Anderson está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em estado considerado grave pelos médicos.

De acordo com informações registradas do boletim de ocorrência da unidade de saúde, a esposa de Anderson nãos soube explicar a autoria e motivação do atentado, registrado na 7ª Delegacia (Rio Vermelho) como tentativa de homicídio. 

A mulher disse apenas que o crime aconteceu pouco depois das 15h, em via pública, próximo ao Colégio Gurilândia, na Avenida Cardeal da Silva. 

Anderson tem registros policiais por furtos, arrombamentos e roubo. Procuradas pela reportagem, as polícias Civil e Militar ainda não retornaram contato.
 

Fonte: Correio