A fase do Real Madrid não é boa. Nesta terça-feira (1º), em pleno Santiago Bernabéu, o time do técnico Zinedine Zidane só empatou com o Brugge, por 2 a 2, pela segunda rodada do Grupo A da Liga dos Campeões. O time belga chegou a abrir 2 a 0 e os espanhóis sofreram para buscar a igualdade na etapa final.

Este foi o primeiro ponto do Real na competição, enquanto o Brugge chega aos dois pontos ganhos. Galatasaray e Paris Saint-Germain ainda se enfrentam, nesta terça-feira (1º), em Istambul, pela mesma chave.

O Real Madrid iniciou o jogo com a intenção de sufocar o Brugge o tempo todo, mas o time de Zidane não contou com o rápido ataque belga. Logo aos nove minutos, o sul-africano Percy Tau lançou o nigeriano Emmanuel Bonaventure Dennis. Diante do goleiro Courtois, o garoto, de 21 anos, matou mal com o pé direito, mas a bola resvalou no pé esquerdo e enganou o arqueiro do Real.

Precisando da vitória, o Real, mesmo desorganizado e com falhas de cobertura no setor defensivo, foi para o ataque e chegou a ter 79% de posse de bola. Modric e Kroos tiveram ótimas chances para reverter o resultado, mas a má fase não ajudou e as bolas passaram perto do gol de Simon Mignolet.

Visivelmente desequilibrado emocionalmente, o Real cometeu vários erros e o de Modric foi fatal. O meia falhou no passe, Dennis roubou a bola, ganhou de Sergio Ramos na corrida e, na saída de Courtois, chegou a tropeçar, quase pisou na bola, mas ainda assim tocou por cima para fazer 2 a 0.

O Real voltou com Marcelo na lateral-esquerda e muita disposição para conseguir a virada, mas quase tomou o terceiro, mais uma vez com Dennis, mas Areola, que substituiu o Courtois com problemas estomacais, fechou bem o ângulo e fez a defesa.

Como quem não faz, toma, o primeiro gol do Real não demorou a sair. Em assistência de Benzema, Sergio Ramos cabeceou para diminuir a vantagem belga, aos dez minutos. A partir daí, só o Real jogou. O Brugge, cansado, limitou-se a defender. Zidane aproveitou e colocou Vinicius Junior Para incendiar a partida.

Deu certo. Caindo pelas laterais, o brasileiro fez boas jogadas e sofreu falta por trás do capitão Ruud Vormer, que recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso. Na cobrança de Kroos, Casemiro subiu bem alto e, de cabeça, empatou, aos 41 minutos.

Os últimos minutos foram de pressão do Real, que ainda levou um susto no último lance da partida para desespero dos torcedores espanhóis.

Pelo Grupo C, no estádio San Siro, em Milão, o Shakhtar Donetsk buscou a virada sobre a Atalanta, que perdeu um pênalti com Josip Ilicic. Duvan Zapata abriu o placar para a equipe italiana, aos 28 minutos, mas o brasileiro Moraes empatou para os ucranianos, aos 41, ainda da primeira etapa. Nos acréscimos, Manor Solomon decretou a vitória dos visitantes.

As duas equipes haviam perdido na primeira rodada. Manchester City e Dínamo de Zagreb ainda jogam nesta terça-feira (1º) pela mesma chave.

Fonte: Correio