O Bahia alcançou seu terceiro triunfo longe de Salvador nesta segunda-feira (30) ao vencer o Avaí por 2×0 na Ressacada. O tricolor chegou aos 37 pontos e agora ocupa a 6ª colocação, com o mesmo número de pontos somados pelo Internacional, quinto colocado porque tem uma vitória a mais que o Bahia.

Os gols foram marcados por Élber e Nino Paraíba, aos 24 e 26 do primeiro tempo. No primeiro gol, Artur teve participação fundamental ao abrir a jogada e dar o passe para o camisa 7 fazer um belo gol. Na saída de campo, o garçom comemorou os três pontos conquistados, apesar da dificuldade que o Bahia enfrentou, sobretudo no segundo tempo.

“É difícil jogar aqui com o vento forte, saímos com o triunfo importante, mas agora é bola pra frente. Temos um jogo importante em casa e vamos em busca de um novo triunfo. Vamos sempre olhando para cima, em busca de uma vaga na Libertadores”, declarou Artur.

Os dois centroavantes do Bahia passaram em branco na partida, mas isso não foi motivo para abatimento. Muito pelo contrário, Gilberto se declarou feliz pelo resultado obtido e lamentou apenas o fato de que Fernandão não conseguiu balançar a rede. Reserva do artilheiro do Bahia na temporada, o camisa 20 quase conseguiu marcar no segundo tempo quando girou bonito e bateu forte com a perna esquerda, tirando tinta do gol catarinense.

Após ingressar no G6, o discurso adotado pelos jogadores do Bahia foi o de sempre olhar em frente para buscar a melhor colocação possível para a equipe azul, vermelha e branca.

“Agora estamos com possibilidade de G4 e queremos a Arena Fonte Nova lotada no próximo jogo”, declarou Gilberto.

Porém, nem tudo são flores. É exagerado dizer que o Bahia sofreu muito na segunda etapa, mas o time de Roger Machado viu o time mandante crescer na partida e criar algumas oportunidades que poderiam incendiar o jogo para o time do Avaí.

Capitão do time, Lucas Fonseca declarou que a equipe entrou ciente de uma tentativa de pressão por parte do Avaí nos primeiros minutos de jogo e agradeceu à comissão técnica pela “estratégia traçada durante a semana”. O Bahia conseguiu segurar a pressão inicial, segurou a bola e conseguiu marcar dois gols nas suas duas primeiras finalizações dentro da peleja.

“O Bahia tem crescido em todos os aspectos e as coisas estão se refletindo dentro de campo. As qualidades individuais fortalecem o grupo, mas temos que manter os pés no chão. Tem muita coisa para melhorar”, avaliou Fonseca.

O Bahia tem pela frente uma série de dois jogos consecutivos dentro de casa. O primeiro desafio é contra o Athletico-PR já no próximo sábado (5), às 19h. No meio da semana seguinte, recebe o São Paulo, atual sétimo colocado, também dentro da Fonte. A partida acontece na quarta-feira (9) às 21h.
 

Fonte: Correio