O Athletico Paranaense do treinador Tiago Nunes tem problemas para a partida diante do Bahia, neste sábado (5), às 19h . Na defesa, a reformulação será geral. Pedrinho Henrique, Robson Bambu e Lucas Halter estão lesionados e não poderão atuar na zaga. Com isso, a tendência é que Thiago Heleno, que cumpriu suspensão por doping e está sem atuar desde maior, volte a jogar antes do previsto. 

A outra opção é de que o lateral-direito Madson, jogador revelado pelo Bahia, seja improvisado no setor, assim como aconteceu contra o Avaí, há quatro rodadas. 

O outro desfalque está no ataque. O argentino Marco Rúben viajou para Buenos Aires por causa do falecimento do pai e também não vai jogar. Marcelo Cirino será o escolhido para formar o trio de frente com Nikão e Rony. A equipe titular deve ter Santos, Madson, Thiago Heleno, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Nikão, Rony e Marcelo Cirino.

Campeão da Copa do Brasil em cima do Internacional, o Athletico Paranaense já tem vaga garantida na Copa Libertadores da América do próximo ano. No Brasileirão, a equipe ocupa a 9ª colocação, com 31 pontos. Fora de casa, o desempenho é de duas vitórias, três empates e seis derrotas, com 15 gols marcados e 15 sofridos.

Fonte: Correio