O Forte da Capoeira, no Santo Antônio Além do Carmo, vai ser o ponto de concentração das mais de 60 esculturas em formato de vaca da CowParade, famoso evento de arte urbana que já acontece há mais de 20 anos ao redor do mundo e chega pela primeira vez a Salvador agora. Todas as esculturas, feitas em fibra de vidro e no tamanho natural do animal, viraram suporte para artistas locais soltarem a imaginação e aplicarem as técnicas e temas que marcam seus trabalhos solo. O lançamento, restrito a convidados, acontece na noite desta terça-feira (8), às 19h30. 

Durante a madrugada, as obras serão espalhadas em locais públicos e privados de acesso público, para que todo mundo possa ver. “Salvador está inserida no roteiro mundial da CowParade, com grandes artistas retratando a singularidade e a beleza da Bahia”, declara Catherine Duvignau, sócia-diretora da Toptrends, empresa organizadora. A mostra segue em cartaz até o dia 8 de novembro. 

Dentre os locais que vão receber as obras, estão o Farol e Porto da Barra, o Campo Grande, a Ponta do Humaitá, e as praças da Piedade e da Cruz Caída. Além deles, estações de metrô, ônibus e shoppings também estão na lista.

Circulando pelo mundo há 20 anos, a CowParade é uma realização da Toptrends, empresa referência em realizar projetos de arte de rua, que já realizou doze edições da mostra no Brasil. Desde 1998, quando o artista suíço Pascal Knapp numa atitude bem-humorada criou diversas esculturas de vacas, mais de cinco mil obras já foram expostas nos cinco continentes, produzidas por mais de 10 mil artistas.

A proposta é mostrar o talento de artistas regionais para o grande público, democratizando a arte. Após o término da exposição as esculturas serão leiloadas e o valor arrecadado será destinado a instituições beneficentes selecionadas. Somente no Brasil, o projeto já arrecadou mais de R$ 6 milhões para ações de responsabilidade social.

Os valores arrecadados serão destinados à Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), entidade filantrópica que abriga um dos maiores complexos de saúde 100% SUS do país e presta assistência à população de baixa renda nas áreas de saúde, assistência social, pesquisa científica, ensino em saúde e educação; e ao Hospital da Criança Martagão Gesteira, o maior hospital exclusivamente pediátrico do Norte e Nordeste.

“Procuramos apoiar instituições com projetos sociais de referência e que sejam relevantes para a comunidade de Salvador, cidade que nos recebeu tão bem e tem nos privilegiado com número crescente de clientes.”, diz Miguel Jarros, diretor de operações e marketing da Extrafarma, que patrocina o evento.

Fonte: Correio