Foto: Reprodução/Instagram

O ator Reynaldo Gianecchini, que revelou em entrevista recente ser bissexual, estaria namorando um fotógrafo há três meses. A informação é do colunista Alessandro Lo-Bianco, do programa A Tarde É Sua. 

Segundo o jornalista, o ator e o fotógrafo, que não teve a identidade divulgada, brigaram e se separaram no início da relação, mas se reconciliaram e, desde então, Giane decidiu abrir o jogo sobre sua sexualidade.

Ainda de acordo com o colunista, a história ficará ‘guardada’ até o fim da novela A Dona do Pedaço, pois o fotógrafo não estaria confortável em revelar a sexualidade. 

Gianecchini e ele teriam programado uma viagem e definiram um posicionamento oficial sobre a relação para o fim do folhetim.

O colunista ainda afirma que o caso de Gianecchini teria deixado um outro ator enciumado, pois teria criado expectativa de relação, mas isso não aconteceu.

Fora do armário
Gianechini, que tem 46 anos e atualmente está no ar com o personagem Régis, em A Dona do Pedaço, fez as primeiras revelações sobre sua sexualidade em uma entrevista à Revista Ela, do jornal O Globo, no último dia 29.

Em uma conversa com a jornalista Ruth Aquino, ele disse ter sido muito cobrado para “sair do armário”, ao longo da carreira. 

“Primeiro, quero falar para essas pessoas: antes de você achar tão interessante a sexualidade dos outros, dá uma olhadinha na sua. Talvez ela tenha mais nuances do que você pensa. Querem te encaixar numa gaveta, mas eu não consigo, porque a sexualidade é o canal da vida e a minha sexualidade não cabe numa gaveta”, declarou. 

O ator afirmou que prefere não definir sua sexualidade com um rótulo. “Já tive, sim, romances com homens. Mas a sexualidade é muito ampla”, explicou. 

Na ocasião, ele afirmou ainda que não se considera gay. “Reconheço todas as partes dentro de mim: o homem, a mulher, o gay, o hétero, o bissexual, a criança e o velho. As pessoas são levianas. Querem te encaixar numa gaveta, e eu não consigo, porque a sexualidade é o canal da vida e minha sexualidade não cabe numa gaveta”. 

Além disso, contou que nunca se sentiu obrigado a “empunhar” a bandeira da homossexualidade. Segundo Gianecchini, seu desejo não fica limitado a gênero nem por idade.

A revelação de Gianecchini, segundo o colunista Alessandro Lo-Bianco, teria ocorrido após uma permissão da Globo. O ator teria questionado a emissora se o fato o atrapalharia em futuros trabalhos, já que é considerado um dos principais galãs da Globo.

Ainda conforme o colunista, Gianecchini procurou a direção da Globo afirmando não querer mais “se esconder”. Ele teria conversado com o diretor de dramaturgia da emissora, Silvio de Abreu, que teria orientado que ele fizesse o que seu “coração mandasse”.

A única exigência feita pela Globo teria sido que ele falasse do assunto para os “veículos da casa”.

Fonte: Correio