Mais uma vez, Jordy Caicedo fez a diferença para o Vitória. Assim como aconteceu na terça-feira (8), quando marcou duas vezes no triunfo por 3×1 sobre o Oeste, o equatoriano marcou dois gols nesta sexta (11) no 3×1 sobre o Cuiabá, na Arena Pantanal.

Foi uma semana importante para o gringo. Contra o Oeste ele era a única opção de Geninho para jogar como centroavante. Deu conta do recado. Em Cuiabá, o técnico poderia ter optado por Anselmo Ramon, que voltou de lesão, mas apostou no equatoriano e foi recompensado.

Na entrevista após o jogo, Caicedo manteve a humildade: “Está apenas se revelando em campo o nosso trabalho do dia a dia. Agradeço aos meus companheiros”, disse, esforçando-se a falar português, para o canal Premiere.

Caicedo já mira o próximo jogo. Na terça-feira (15), o rubro-negro visita o Criciúma, às 19h15. “Sabemos que se trata de um rival direto (o Criciúma está em 18º, mas ainda joga neste sábado, 12). Se jogarmos como jogamos aqui, vamos buscar um bom resultado lá. Queremos nos afastar da zona de rebaixamento de maneira definitiva. A cabeça agora está no Criciúma”, disse.

Mudou o jogo

Quem também deixou a Arena Pantanal feliz foi o lateral esquerdo Chiquinho. Ele entrou no intervalo no lugar de Baraka e ajudou a decidir a partida. Foi dele o passe para Caicedo empatar aos 53 segundos da etapa final.

“Agradecer pela oportunidade dada mais uma vez. Esse é o meu jeito. Trabalho, não reclamo, não vim aqui para roubar a titularidade de ninguém. Quero ajudar meus companheiros sempre que o professor me chamar. Hoje não foi diferente, pude entrar e dar o passe para o gol”, disse para a Rádio Metrópole FM.

O lateral esquerdo também elogiou o trabalho de Geninho: “É um cara que cobra bastante a gente dentro e fora de campo. Paizão. Um cara que veio, nos abraçou e a gente está abraçando o trabalho dele. Estamos mostrando o resultado. Foi um resultado digno da grandeza do Vitória. Não podemos baixar a crista nunca mais, vem mais guerras por aí”.

Fonte: Correio