O empate entre Vitória e Figueirense, por 2×2, na tarde deste sábado (3), no Barradão, é capaz de dividir opiniões entre a frustração de não ter vencido um concorrente direto em casa e o pragmatismo de ter mantido a distância para a zona de rebaixamento da Série B em quatro pontos.

O Leão saiu na frente no primeiro tempo, levou a virada na segunda etapa e conseguiu o empate próximo ao final da partida. Autor do primeiro gol do duelo, o atacante Anselmo Ramon parabenizou o grupo rubro-negro pelo esforço e afirmou que o resultado deve ser comemorado. 

“Superação. Dois jogos assim saindo na frente, tomando a virada. Graças a Deus conseguimos o empate, que é para ser comemorado como vitória pela circunstância do jogo. Agora é descansar, temos mais um jogo terça-feira. É parabenizar todos que correram bastante”, analisou o camisa 9.

Já na visão de Thiago Carleto, autor da cobrança de pênalti que decretou o empate, o Leão cometou vacilos que não podem se repetir, principalmente em casa.

“Pelo menos não perdemos. O que fica de lição é a se atentar aos detalhes. Falamos no início do jogo para tomar cuidado com a bola no primeiro pau. Começou aqui no nosso campo, faltou pressionar, estourar a bola. Deu um escanteio e tomamos o gol. Agora é levantar a cabeça, unir forças. Não foi um bom resultado, mas se tornou na circunstância do jogo. Temos agora que ganhar do Brasil (de Pelotas) para dar um passo importante na fuga contra o rebaixamento”, disse o lateral.

Quem também seguiu essa linha foi Eron. O atacante entrou no segundo tempo da partida e sofreu o pênalti convertido por Carleto. “Não era o resultado que a gente procurou; o jogo todo a gente se impôs, demos dois vacilos… Mas é levantar a cabeça. Serie B é isso, temos que nos superar na raça, às vezes não é muito na técnica. Quase a gente vira o jogo, no lance ali se o Anselmo vira a cabeça conseguiríamos a virada. Mas é como o professor fala, batalhamos o jogo todo, Agora trabalhar, não tem o que falar. Terça-feira temos outra final contra o Brasil de Pelotas”.

O próximo desafio do Vitória será na terça-feira (5), às 20h30, no Barradão. Com 37 pontos, o Leão é o 15º colocado da Série B, a quatro pontos do Figueirense, que abre o Z4 em 17º lugar.

Fonte: Correio