O deputado federal David Miranda (PSOL-RJ) vai propor aos partidos de oposição que apresentem um pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Em um vídeo divulgado no Instagram na noite deste sábado (2), Miranda disse que vai se articular com os líderes da oposição na próxima semana. O deputado também afirma que as declarações de Bolsonaro sobre o acesso às gravações da portaria de seu condomínio, no Rio de Janeiro, configuram “obstrução de justiça e crime de responsabilidade”.

Durante conversa com a imprensa na manhã deste sábado (2), após comprar uma moto em uma concessionária de Brasília, Jair Bolsonaro afirmou que pegou a gravação das ligações da portaria do Condomínio Vivendas da Barra, no Rio de Janeiro, onde tem uma casa, para que não fossem adulteradas. “E outra, nós pegamos [as gravações], antes que fosse adulterado, que tentassem adulterar. Pegamos lá toda a memória da secretária eletrônica que é guardada há mais de anos. A voz não é a minha, não é do ‘seo Jair'”, disse. 

Confira nota  e vídeo do deputado David Miranda:

Fora Bolsonaro!

Hoje o presidente Jair Bolsonaro deu declarações gravíssimas à imprensa. Afirmou que interceptou os registros de acesso da portaria do condomínio onde morava, material de absoluto interesse das investigações sobre o assassinato de Marielle Franco. Isso mesmo, o presidente interceptou provas de uma investigação de assassinato.

É escandaloso. A ação de Jair configura obstrução de justiça e crime de responsabilidade. O Brasil não pode se consolidar como o país dos absurdos, trata-se de um presidente da República violando provas de um assassinato.

Essa semana em Brasília conversarei com deputados da oposição e vamos iniciar uma ação contundente contra Bolsonaro. #ChegaDeBolsonaro

Fonte: Correio