Uma força-tarefa retirou 4,5 toneladas de óleo das praias de Salvador neste sábado (2). A ação, montada pela prefeitura, através da Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb), contou com 400 agentes, que concentraram os esforços na limpeza de Ipitanga, Praia do Flamengo, Corsário e Pituaçu.

Hpuve reforço na equipe depois da chegada de novas manchas nas praias de Salvador na manhã de sexta-feira (1º). A equipe do plantão noturno também recolheu fragmentos, em menor quantidade, nas praias de Amaralina, Ondina e Pituba. 

A cidade não registrava a chegada de novas manchas desde o último dia 18, mas o óleo reapareceu ontem na capital baiana, no trecho de Stella Maris que vai da Escola Sulamericana ao Grand Hotel Stella Maris, onde foram retirados uma tonelada e 260 quilos do resíduo.

Até quinta-feira (31), a Limpurb havia retirado um pouco mais de 108 toneladas desde o início do aparecimento das manchas em Salvador. No total, já foram retirados 113 toneladas e 760 quilos.

“As manchas reapareceram com força de ontem para hoje, por isso a Prefeitura está reforçando toda força de trabalho e concentrando os esforços para garantir que a limpeza seja feita na rapidez que a situação exige, visando minimizar ao máximo os impactos dessa tragédia ambiental na nossa orla”, destacou Marcus Passos, presidente da Limpurb. 

A Limpurb continua monitorando todas as praias de Salvador, de Ipitanga até São Tomé de Paripe, para agir o mais rapidamente possível.

Fonte: Correio