Os pescadores afetados pela mancha de óleo no litoral da Bahia serão cadastrados pela Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura. Ao longo desta semana, os técnicos da empresa visitam diversas comunidades de pescadores para fazer a catalogação dos profissionais prejudicados pelo desastre ambiental.

Em Salvador, a ação acontece na Feira de São Joaquim, nesta quarta-feira (6) até às 16h. No interior, o cadastramento é feito até a próxima sexta-feira (8). Podem se cadastrar pescadores e marisqueiras de Jandaíra, Lauro de Freitas, Subaúma, Camaçari e Entre Rios.

Para fazer parte da listagem, os trabalhadores devem levar RG, CPF, NIS, comprovante de residência e, se houver, Registro Geral de Pesca (RGP). As ações acontencem sempre das 8h às 16h.

“Estamos fazendo esse cadastramento para indicar ao ministério quem são essas pessoas afetadas, de forma que o Governo Federal possa desenvolver políticas compensatórias emergenciais”, pontua o presidente da Bahia Pesca, Marcelo Oliveira.

Programação de cadastramento
•    Jandaíra (comunidade de Abadia): quarta-feira (6)
•    Entre Rios (na praia de Subaúma): quarta-feira (6)
•    Salvador (Feira de São Joaquim): quarta-feira (6) e quinta-feira (7)
•    Entre Rios (na Associação de Moradores de Massarandupió): quinta-feira (7)
•    Jandaíra (comunidade de Cachoeira): quinta-feira (7)
•    Jandaíra (comunidade de Mangue Seco): sexta-feira (8)
•    Lauro de Freitas (praia de Buraquinho): sexta-feira (8)
•    Camaçari (em Arembepe): sexta-feira (8)

Fonte: Correio