O Bahia não consegue sair da crise que entrou no segundo turno. Contra a Chapecoense, vice-lanterna do Brasileirão, o tricolor completou cinco jogos sem vencer na Série A e voltou a ser vaiado pela torcida na Fonte Nova.

Na análise do goleiro Douglas, o time se perdeu na própria ansiedade e não conseguiu desempenhar um bom futebol contra o alviverde.

“A gente sabia que a Chapecoense jogaria fechada, na bola parada. Proporcionamos as bolas paradas para eles e não conseguimos nos defender. Perdemos para a nossa ansiedade. Temos que assumir o compromisso, entender a pressão, o peso da torcida”, disse o goleiro.

O ponto conquistado no apagar das luzes, ainda foi o suficiente para o time ultrapassar o Goiás na classificação e voltar para a nona colocação, a cinco pontos da zona de classificação da Libertadores. A distância pode ficar ainda maior, já que o Internacional enfrenta o Ceará nesta quinta (7) e pode terminar a rodada em sexto, com 49 pontos.

O tricolor agora vai se preparar para encarar os dois primeiros colocados do Brasileirão. No domingo (10), pega o líder Flamengo, no Maracanã. No dia 17, recebe o Palmeiras, na Fonte Nova.

Fonte: Correio