O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) desembarcou no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, às 11h30 deste sábado (9) após ser solto nesta sexta-feira (8). Lula deixou a prisão em Curitiba, Paraná, depois de decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). O ex-presidente faz um discurso nesta tarde nos arredores do Sindicato do Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo.

Lula chegou ao sindicato por volta das 12h40, onde foi recebido por amigos e aliados. Centenas de pessoas estão dentro e fora da sede do Sindicato, aguardando a hora de ouvir Lula, que estava cumprindo pena por corrupção desde 7 de abril do ano passado.

Aos poucos, chegam caravanas de várias cidades de dentro e fora de São Paulo portando faixas e cartazes com dizeres da Campanha “Lula Livre” e cantando palavras de ordem como “Lula lá”, trecho de um dos mais famosos jingles de campanha do PT, de 1989. Sobre o caminhão de som em que Lula fará seu discurso, os técnicos fazem os ajustes.

Ao contrário do clima tenso, de preocupação e apreensão, permeado de atos hostis contra a imprensa, que marcou os três dias que antecederam a prisão do maior líder petista, em 2018, hoje o ambiente é de festa. Os seguidores de Lula cantam, dançam, saúdam amigos que não viam desde a última concentração no Sindicato, antes de Lula ser preso.

Muitos ambulantes aproveitam o evento para fazer dinheiro e abastecem a multidão, no local desde as primeiras horas deste sábado, com bebidas e espetinhos de churrasco. O policiamento é grande. Mas os policiais também transitam com tranquilidade no local.

Fonte: Correio