A Praça da Inglaterra, no Comércio, recebeu a 3ª edição do Salvador Hip Hop neste domingo (1º). No evento gratuito, se apresentaram rappers, Djs, grafiteiros e dançarinos de rua. A ação é uma realização da Prefeitura, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur), em parceria com a Freedom Soul.

Iniciado às 13h, o Salvador Hip Hop busca valorizar o movimento musical, aponta o presidente da Saltur, Isaac Edington. O evento faz parte do calendário oficial da cidade.

“Temos grupos atuantes e talentosos no Hip Hop aqui em Salvador e não podemos deixar de dar destaque a eles. Em todos os lugares do mundo, o movimento se tornou um importante agente de transformação e resgate dos jovens, levando conhecimento e cultura seja na rua ou nas escolas. É um agente de transformação e cultura”, destaca o gestor.

Ananda Santana grafitou um painel no evento (Tiago Caldas/CORREIO)

A grafiteira e membro do coletivo de grafite Dois Detalhes, Ananda Santana, 24 anos, era uma das artistas que estavam no evento. Junto com o parceiro, ela grafitou um painel composto por a imagem de uma mulher negra e folhas coloridas.

“Fomos convidados para expressar um dos elementos do que compõe a cultura do Hip Hop, que é o grafite. Eu sempre faço mulheres negras e ele trabalha com folhas. A ideia foi trazer esses elementos para compor a festa, mostrar a força do grafite e da mulher negra presente nas artes”, disse.

Além de poder curtir a música e a arte no Salvador Hip Hop, William Urbano, 21, acredita que o evento é benéfico para o bairro do Comércio.

“Aqui é um espaço que não tem muito movimento no final de semana. Se a gente tem um espaço bacana, dá pra aproveitar ele. Esses eventos são bons para trazer cultura para as pessoas que não tem o espaço para ir. Com isso, a gente consegue absorver essa cultura do Hip Hop que é tão viva em Salvador, mas a gente acaba não alcançando”, disse.

William Urbano foi curtir o Salvador Hip Hop no Comércio (Tiago Caldas/CORREIO)

Nesta edição do Salvador Hip Hop, se apresentaram: Nova Era, Mr.Armeng, Cronista do Morro, Fashion Piva, Visioonarias, Underismo, Makonnen Tafari, DJ DMT, DJ Leandro e DJ Tau.

Uma Batalha de Mc’s e uma Battle Crew entre os grupos de dança de rua soteropolitana U.A.S., B.D.E, Soul,Tá! e C.W. também fez parte da programação do evento. Além de Ananda Santana, Ramsestencil grafitou no Salvador Hip Hop.

*Com orientação do chefe de reportagem Jorge Gauthier

Fonte: Correio