Um trabalhador morreu e outros cinco ficaram feridos durante o transporte de uma plataforma da Petrobras. A P-70 está sendo levada da China, onde foi finalizada, para a bacia de Santos, no Brasil.

Segundo nota da estatal, os seis passaram mal após a ingestão de álcool etílico. A empresa não deu mais detalhes sobre o caso. 
As vítimas são funcionários da Boskalis, empresa responsável pelo transporte da plataforma, e de outras subcontratadas.

Os trabalhadores feridos estão internados em uma unidade de saúde na África do Sul e seguem estáveis.

A Petrobras informou que está em contato com o estaleiro chinês COOEC, contratante da Boskalis, para que as providências cabíveis sejam tomadas.

A P-70 está sendo transportada por meio da modalidade dry tow (reboque seco). Isso significa que a plataforma foi embarcada em um navio semissubmersível para transporte de carga pesada.

De acordo com a Petrobras, este tipo de transporte reduz em 40 dias o tempo de viagem entre a China e o Brasil. Em nota, a estatal afirmou que a morte e o ferimento dos funcionários não impactarão o cronograma de implantação da plataforma na bacia de Santos.
Procurada, a Boskalis disse que a tripulação agiu imediatamente para direcionar a embarcação à cidade de Durban, na África do Sul, e organizar uma evacuação médica por helicóptero

Fonte: Agencia Brasil