Aproveitar as férias escolares para se debruçar na cultura soteropolitana e viver a cidade é também uma opção de lazer para crianças e adolescentes. Isso é o que promove o programa Arvorar Jovem, que inicia hoje sua segunda temporada de Verão. Na primeira, em dezembro de 2019, meninos e meninas de 11 a 17 anos fizeram uma imersão sobre sustentabilidade na capital baiana. Dessa vez, o foco é na história, arte e cultura de Salvador.  

“Nossa ideia é despertar os adolescentes para a cidadania, conhecerem o espaço onde vivem e interagirem. Muitas vezes eles ficam presos em casas ou condomínios fechados e até têm medo de ir para rua. A gente vai na contramão, oferecendo oportunidades de lazer, interação e convivência na cidade”, explicou o psicólogo e responsável pelo projeto, Eduardo Santos.  

Eduardo também é o fundador da Arvorar Desenvolvimento Humano, organização que está à frente do programa. Ele explica que, durante o ano, são realizadas atividades em parceria com escolas para gerar o desenvolvimento pessoal dos adolescentes. “Arvorar é isso: se desenvolver, despertar a consciência sobre si mesmo e o mundo”.   

A temporada segue até 30 de janeiro com duas turmas às segundas e quartas-feiras, ou às terças e quintas-feiras, sempre das 14h às 17h. No total, são cinco encontros com três horas de duração cada. O programa acontece na sede do Instituto Baiano de Análise do Comportamento (IBAAC), mas a programação também inclui visitas pela cidade. Só um local já está definido, o Pelourinho. “Os outros serão escolhidos por eles mesmo. A partir do que foi discutido, vamos explorar os locais que eles ainda não conheceram e que são importantes para a formação”, explicou Eduardo.

Serviço:
O quê:
 Arvorar nas Férias: Viver a Cidade – História, Arte e Cultura
Onde: IBAAC (Rua das Hortências, 726, Itaigara)
Quando: Nesta terça-feira (14) até 30 de janeiro. 
Valor: R$430,00 

*Com orientação do editor Roberto Midlej

Fonte: Correio